Info

Portugal vai ao mercado na quarta-feira para emitir até 1.500 ME em dívida a seis e a 12 meses

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 13 set 2019 (Lusa) -- Portugal volta ao mercado na próxima quarta-feira para emitir até 1.500 milhões de euros em Bilhetes do Tesouro (BT) a seis e a 12 meses, indicou o IGCP - Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública.

"O IGCP, E.P.E. vai realizar no próximo dia 18 de setembro dois leilões das linhas de BT com maturidades em 20 de março de 2020 e 18 de setembro de 2020", refere a informação divulgada hoje na página oficial do IGCP.

O organismo presidido por Cristina Casalinho adianta que os dois leilões têm um montante global indicativo entre 1.250 milhões e 1.500 milhões de euros.

No último leilão comparável de BT, em 17 de julho, Portugal colocou 1.500 milhões de euros, o montante máximo anunciado, a taxas de juro negativas e a registarem mínimos de sempre nos dois prazos.

De acordo com a página do IGCP na agência Bloomberg, na maturidade a 12 meses foram colocados 1.000 milhões de euros em BT à taxa de juro média de -0,431%, de novo negativa e inferior à registada em 15 de maio, quando também foram colocados 1.000 milhões de euros à taxa de juro média de -0,370%.

A seis meses foram colocados 500 milhões de euros em BT à taxa média de -0,454%, mais negativa do que a verificada em 15 de maio, quando foram colocados igualmente 500 milhões de euros a -0,396%.

A procura atingiu 1.635 milhões de euros para os BT a 12 meses, 1,64 vezes superior ao montante colocado, e 972 milhões de euros para os BT a seis meses, 1,94 vezes o montante colocado.

LT(MC) // JNM

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Covid-19: Valença e Tui exigem reabertura imediata da ponte centenária

Os presidentes das câmaras de Valença, no Alto Minho, e de Tui, na Galiza, lançaram hoje "um pedido de socorro" aos governos de Portugal e de Espanha, exigindo a reabertura imediata da ponte centenária que liga a eurocidade.

Covid-19: Trabalhadores independentes podem pedir apoio de maio a partir de sábado

O formulário para os trabalhadores independentes e sócios-gerentes pedirem o apoio criado no âmbito da pandemia covid-19, relativo a maio, ficará disponível na Segurança Social Direta no sábado, podendo ser entregue até 09 de junho.

Investimento cofinanciado pelo Portugal 2020 e executado até 2023 representa 9 mil ME 

O investimento público e privado, cofinanciado pelo Portugal 2020, cuja execução está definida até 2023, representa nove mil milhões de euros, avançou hoje, em Lisboa, o ministro do Planeamento.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.