Info

Aprovado projeto para hotel de 72 milhões de euros na ilha cabo-verdiana do Sal

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Praia, 11 set 2019 (Lusa) - Um grupo privado vai investir 72 milhões de euros na construção, ao longo dos próximos três anos, na ilha cabo-verdiana do Sal, de um hotel de cinco estrelas com 1.388 camas, segundo o contrato aprovado pelo Governo.

De acordo com o contrato de investimento, aprovado em 06 de setembro e ao qual a Lusa teve hoje acesso, em causa está a implementação, em Ponta Preta, do futuro Hotel Ilha do Sal Palace, projeto "em vias de preparação" pela sociedade Arco Verde -- Hotelaria e Turismo.

Envolverá a construção, numa área de 74.845 metros quadrados, de um "hotel-resort" com "padrões cinco estrelas superior" e 570 quartos (1.388 camas), contando ainda com sete restaurantes, cinco bares, zonas de lazer e entretimento, piscinas, SPA e outros equipamentos de apoio, levando à criação de 540 empregos diretos.

O contrato de investimento com o Governo de Cabo Verde - que declarou o projeto como de "interesse excecional" no quadro da aposta no desenvolvimento do setor turístico e que prevê incentivos fiscais aos promotores -, "será gerido por uma cadeia hoteleira de renome internacional", não identificada no documento.

"O projeto, além de trazer uma nova marca, vai contribuir para a diversificação dos Tour Operadores, na área da distribuição do destino Cabo Verde, o que representa uma forte mais-valia".

O contrato de investimento prevê a conclusão do projeto dentro de três anos.

PVJ // JH

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Covid-19: Portugueses no Norte de Itália relatam situações de pânico

Itália é o país europeu com maior número de infetados, sendo que onze pessoas já morreram. Os portugueses que vivem no Sul do país dizem não sentir os efeitos do vírus mas, a Norte falam em situações de pânico e muitas restrições.

Automóvel atropela desfile de Carnaval na Alemanha, vários feridos

Um automóvel avançou hoje sobre um desfile de Carnaval em Volkmarsen, no centro da Alemanha, fazendo vários feridos, segundo a polícia.

Covid-19: Anunciada segunda morte em Itália. 50.000 pessoas estão em quarentena

Uma segunda pessoa, com coronavírus Covid-19, morreu hoje em Itália, onde foram identificados mais de 30 casos de contaminação até agora, dos quais 25 casos na Lombardia (região de Milão), anunciaram agências de notícias italianas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.