Info

Autoridades procuram mulher de 72 anos desaparecida em Ponte de Lima

Autoridades procuram mulher de 72 anos desaparecida em Ponte de Lima
| Norte
Porto Canal com Lusa

As autoridades estão a realizar buscas para encontrar uma mulher de 72 anos desaparecida desde segunda-feira de manhã em Ponte de Lima, distrito de Viana do Castelo, disse esta terça-feira fonte da PSP.

Contactado pela agência Lusa, o segundo comandante da PSP de Viana do Castelo, Raul Curva, adiantou que o desaparecimento da mulher, residente no concelho de Barcelos, distrito de Braga, foi participado por familiares, na segunda-feira, cerca das 11:30.

Segundo aquele responsável, "a PSP está a desenvolver diligências no sentido de procurar a mulher, tendo sido contactada a GNR para auxiliar nas buscas".

A mulher desapareceu durante as Feiras Novas, festividades do concelho de Ponte de Lima, que decorreram entre os dias 04 e 09.

Raul Curva acrescentou, com base na informação prestada pelos familiares, que a mulher, que sofrerá de Alzheimer, terá sido vista pela última vez na Avenida dos Plátanos, em pleno centro da vila, junto ao rio Lima.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo adiantou que as operações de buscas contam, desde as 16:42, com a participação de duas viaturas e seis operacionais dos Bombeiros de Voluntários de Ponte de Lima.

+ notícias: Norte

Viana do Castelo destruiu 2.554 ninhos de vespa asiática desde 2012

A Companhia de Bombeiros Sapadores de Viana do Castelo destruiu no concelho, desde 2012, 2.554 ninhos de vespa asiática, num esforço municipal de "muitas dezenas de milhares de euros, disse hoje o comandante da corporação.

Federação Académica do Porto quer que o Estado recorra a privados para resolver os problemas de alojamento

A falta de alojamento para estudantes universitários sente-se também na cidade do Porto e por isso, a Federação Académica propõe, entre outras medidas, que o Estado recorra a privados para resolver o problema.

Autarquias de Amarante, Mondim de Basto, Póvoa de Lanhoso, Santa Maria da Feira e Vizela negam viagem à Turquia paga por uma empresa informática

Várias autarquias já reagiram à notícia que adiantava que alguns presidentes de câmara teriam aceitado viajar à Turquia, numa deslocação paga por uma empresa de informática alegadamente a troco de contratos adjudicados por ajuste direto. Todos os municípios contactados pelo Porto Canal negam a ida a Istambul.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.