Info

ASAE apreende 7.000 artigos em combate à contrafação no Facebook

ASAE apreende 7.000 artigos em combate à contrafação no Facebook
| País
Porto Canal com Lusa

A ASAE apreendeu em Castelo de Paiva e Coimbra mais de sete mil artigos desportivos contrafeitos, no valor de 62 mil euros, numa ação contra produtos contrafeitos vendidos através do Facebook e 'websites'.

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) anunciou hoje, em comunicado, ter concretizado a operação através da Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal (UNIIC), no âmbito do cumprimento de dois mandados de busca, um a uma residência e outro a um apartado dos CTT.

"Como resultado das diligências realizadas foram apreendidos 7.123 artigos desportivos contrafeitos, equipamento eletrónico diverso designadamente um PC, um ‘tablet’, um telemóvel, uma impressora, um leitor código barras, cerca de 34 mil euros em numerário, nove cheques no valor global de 550 euros, uma soqueira e uma planta de canábis com o peso bruto de 32g", lê-se na nota da ASAE.

+ notícias: País

Covid-19: Médicos denunciam, nas redes sociais, casos suspeitos que não são analisados pela DGS

O Porto Canal apurou que há casos suspeitos de Covid-19 que não são analisados pela Direção Geral de Saúde. A denuncia parte dos próprios médicos nas redes sociais.

Covid-19: Análises negativas para 17.º caso suspeito em Portugal

As análises ao homem suspeito de infeção pelo novo coronavírus (COVID-19), que está internado no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, deram negativo, avançou, esta quarta-feira, a Direção-Geral da Saúde.

Covid-19: Mulher suspeita de estar infetada não tem o coronavírus

A mulher proveniente de Milão, em Itália, que foi dada na segunda-feira como o 15.º caso suspeito de Covid-19 em Portugal, recebeu, esta terça-feira, informação de que não está contaminada, anunciou a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.