Info

Teixeira Duarte vende 50% de uma participada à China Construction Portugal por 31 ME

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 23 jul 2019 (Lusa) -- A Teixeira Duarte vendeu 50% de uma participada à China Construction Portugal por 31,1 milhões de euros, no âmbito de uma parceria para o desenvolvimento de um projeto imobiliário em Oeiras, foi hoje comunicado ao mercado.

"A Teixeira Duarte, S.A., informa que celebrou com a CSCEC -- China Construction Portugal, S.A. -- sociedade de direito português integrada no Grupo liderado pela China State Construction Engineering Corporation -- uma parceria para o desenvolvimento de um projeto imobiliário, em Oeiras, Portugal, que se formaliza através de um contrato de venda de ações correspondentes a 50% do capital social de uma participada do Grupo Teixeira Duarte, há muito detentor dos terrenos onde será implantado o projeto", lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Conforme apontado pela construtora, o valor da operação fixou-se em 31,1 milhões de euros.

De acordo com a informação remetida ao mercado, a alienação de ações tem um impacto estimado nos resultados da Teixeira Duarte de cerca de 22,2 milhões de euros.

O empreendimento em causa será constituído por diversos edifícios de escritórios, habitação e comércio, integrados num parque verde.

PE // MSF

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Elisa Ferreira garante que proposta europeia de redução de apoios a Portugal não vai avançar

Depois da Comissão Europeia ter proposto reduzir os apoios a Portugal em cerca de 7%, a presidência finlandesa foi mais drástica e pediu a redução de 10% dos apoios. Em declarações ao Porto canal, a comissária europeia foi ainda cautelosa sobre o próximo quadro comunitário e sobretudo sobre as verbas que vão estar destinadas a Portugal.

Governo foi "até onde podia ir" nos aumentos salariais na Função Pública

O secretário de Estado da Administração Pública, José Couto, garantiu hoje que o Governo "foi até onde podia ir" em matéria de atualização dos salários com a proposta de 0,3% e destacou o esforço do executivo de "regressar à normalidade".

Dormidas de turistas crescem 2,1% em outubro suportadas pelo alojamento local

As dormidas em alojamento turístico desaceleraram em outubro, aumentando 2,1% face ao mês homólogo de 2018 e impulsionadas pelo alojamento local, que subiu 11,3%, já que a hotelaria cresceu 0,7%, divulgou hoje o INE.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

D'Mais

Atitudo - Artes Marciais &...

Nota Alta

"A cidade do Porto está com um...