Info

RCA: Religiosa franco espanhola assassinada no oeste do país

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Cidade do Vaticano, 22 mai 2019 (Lusa) -- Uma religiosa franco-espanhola com 77 anos foi encontrada assassinada numa aldeia onde ensinava costura a jovens raparigas no oeste da República Centro-Africana (RCA), de acordo com o portal na internet da Santa Sé.

Segundo o site Vatican News, a religiosa foi encontrada decapitada na segunda-feira de manhã, mas de acordo com um bispo espanhol da sua diocese, a freira terá sido degolada por motivos desconhecidos.

O papa Francisco classificou hoje o assassínio como "bárbaro", em declarações na Praça de São Pedro, no Vaticano.

"Quero lembrar a memória de Inès Nieves Sancho, 77 anos, educadora de meninas pobres desde há dezenas de anos, morta de forma bárbara na República Centro-Africana, precisamente no local onde ensinava costura a jovens meninas, uma mulher que deu a vida por Jesus ao serviço dos pobres", afirmou o papa Francisco, durante a sua audiência na Praça de São Pedro, apelando à multidão a rezar em silêncio pela religiosa.

"Na noite de domingo para segunda-feira, os seus agressores introduziram-se no seu quarto e levaram-na até ao centro que ela dirigia, onde a decapitaram", escreve o Vatican News.

"Não foi divulgada qualquer reivindicação, mas, de acordo com um deputado local, esta morte pode estar ligada ao tráfico de órgãos humanos, e a rituais criminosos, muito numerosos na região", acrescenta o site.

O porta-voz da diocese de Burgos, de onde era originária a freira, indicou ter conversado com um dos seus bispos deslocados na RCA, que terá precisado que a religiosa foi "degolada", e que "a cabeça não foi inteiramente cortada", segundo aquela fonte à agência France-Presse.

APL // VM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Termina sequestro em autocarro no Rio de Janeiro, suspeito morto pela polícia

O sequestro dos passageiros de um autocarro na ponte que liga a cidade brasileira do Rio de Janeiro e Niterói terminou cerca das 09h00 locais (13h00 em Lisboa) com a morte do suspeito, informou a Polícia Militar.

Twitter bane propaganda dos 'media' controlados pelo Estado após suspender contas associadas à China

A rede social Twitter informou esta terça-feira que não aceitará mais "propaganda de órgãos de imprensa controlados pelo Estado", condenando comportamentos "manipuladores", depois de anunciar que suspendeu quase mil contas associadas ao regime chinês.

Quatro mil pessoas retiradas de casa devido a incêndio na Grã Canária, Espanha

Um incêndio florestal que lavra desde sábado em Valleseco, na ilha espanhola Grã Canária, obrigou à retirada de quatro mil pessoas de 40 localidades, informou este domingo o presidente do Governo das Ilhas Canárias.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.