Info

Lucros da EDP descem 39% para 100 ME no 1.º trimestre

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 16 mai 2019 (Lusa) -- A EDP teve lucros de 100 milhões de euros no primeiro trimestre, menos 39% do que nos primeiros três meses de 2018, divulgou hoje a elétrica liderada por António Mexia ao mercado.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a EDP justifica a queda dos lucros devido aos escassos recursos renováveis (pouca chuva e pouco vento), afetando a produção das barragens e das centrais eólicas, apesar da expansão do portfólio de ativos neste período.

"O crescimento nas redes no Brasil, comercialização e a expansão do portfólio renovável foi anulado pelos efeitos de fracas hidraulicidade e eolicidade e elevada taxa efetiva de imposto no trimestre (27%), acima da taxa esperada para 2019", refere.

IM // JNM

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Tripulantes da Ryanair em greve a partir de hoje e até domingo

Os tripulantes da Ryanair começam hoje uma greve de cinco dias, até domingo, convocada pelo Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) e que conta com serviços mínimos decretados pelo Governo.

Crise energética acabou e já é possível abastecer sem limites

Portugal deixou de estar em crise energética, devido à greve de motoristas de pesados, desde as 00h00 desta terça-feira, acabando os limites ao abastecimento de combustível.

Governo diz que distribuição de combustível deverá ultrapassar serviços mínimos

O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, garantiu hoje que a situação de distribuição de combustível está "na normalidade", devendo os serviços mínimos ser ultrapassados hoje, quarto dia de cumprimento da greve dos motoristas de matérias perigosas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.