Info

CGD: PS pede acesso a documentos da Associação Coleção Berardo

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 16 mai 2019 (Lusa) - O grupo parlamentar do PS pediu hoje acesso a vários documentos da Associação Coleção Berardo (ACB), incluindo os estatutos atualmente em vigor e anteriores alterações, de acordo com um requerimento a que a Lusa teve acesso.

No âmbito dos poderes da comissão parlamentar de inquérito, o PS solicita acesso aos "estatutos da Associação Coleção Berardo atualmente em vigor" e à "sucessão de alterações estatutárias e seu conteúdo".

O grupo parlamentar socialista quer ainda ter acesso a "atas de todas as assembleias-gerais" da associação, bem como a "elementos identificativos da ação judicial de que a ACB foi alvo, no que concerne à legalidade dos seus estatutos, bem como da sentença aí proferida".

Durante a audição a Joe Berardo na Assembleia da República, na passada sexta-feira, o empresário deu a entender que os títulos de participação da Associação Coleção Berardo (a dona das obras de arte) que entregou aos bancos para reforçar as garantias dos empréstimos perderam valor com um aumento de capital em que as entidades financeiras não participaram, aparentemente porque não souberam que existiu.

Da audição não se compreende quanto é que, de momento, os bancos credores detêm na Associação Coleção Berardo.

Confrontado por Cecília Meireles, do CDS-PP, com a informação de que houve uma assembleia-geral em 2016 da Associação Coleção Berardo para alteração de estatutos e questionado por que não convocou para essa reunião os bancos credores, Berardo disse, então, que não tinha de o fazer e remeteu para uma ordem do tribunal de Lisboa.

JE (IM) // CSJ

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Tripulantes da Ryanair em greve a partir de hoje e até domingo

Os tripulantes da Ryanair começam hoje uma greve de cinco dias, até domingo, convocada pelo Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) e que conta com serviços mínimos decretados pelo Governo.

Crise energética acabou e já é possível abastecer sem limites

Portugal deixou de estar em crise energética, devido à greve de motoristas de pesados, desde as 00h00 desta terça-feira, acabando os limites ao abastecimento de combustível.

Governo diz que distribuição de combustível deverá ultrapassar serviços mínimos

O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, garantiu hoje que a situação de distribuição de combustível está "na normalidade", devendo os serviços mínimos ser ultrapassados hoje, quarto dia de cumprimento da greve dos motoristas de matérias perigosas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.