Info

Aumentou para 13 número de feridos num acidente de viação na ilha Terceira, Açores

Aumentou para 13 número de feridos num acidente de viação na ilha Terceira, Açores
| País
Porto Canal com Lusa

O número de feridos no atropelamento que ocorreu esta terça-feira numa procissão, na ilha Terceira, nos Açores, do qual resultaram dois mortos, aumentou para 13, disse a Proteção Civil.

Segundo dados revelados pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, no total foram 15 as vítimas deste acidente, entre os 16 e os 84 anos.

Para além de nove feridos encaminhados para o Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira, em Angra do Heroísmo, quatro deram entrada no Centro de Saúde da Praia da Vitória.

As vítimas mortais eram do sexo feminino e tinham 68 e 84 anos.

Entre os feridos contam-se oito do sexo feminino e cinco do sexo masculino, a maior parte dos quais com mais de 40 anos.

Numa conferência de imprensa, o secretário regional da Saúde dos Açores, Rui Luís, que tutela a Proteção Civil, disse que entre os feridos existiam quatro graves, mas apenas uma mulher de 60 anos "está em situação mais delicada".

"Foi um acidente multivítimas, com o despiste de uma viatura durante uma procissão, que provocou um atropelamento múltiplo", adiantou.

O acidente ocorreu às 20h29 locais (mais uma hora em Lisboa) de terça-feira.

As vítimas participavam numa procissão de velas em honra de Nossa Senhora de Fátima.

Para o local do acidente, no concelho da Praia da Vitória, dirigiram-se 24 bombeiros e 11 veículos, além da equipa de Suporte Imediato de Vida, da PSP, e do Serviço Municipal de Proteção Civil.

Segundo Rui Luís, foi enviada uma equipa de apoio psicossocial para o local e outra para o Hospital da Ilha Terceira.

Questionado sobre os motivos que terão provocado o acidente, Rui Luís disse não ter informações, acrescentando que a PSP "é que está com o caso entre mãos".

+ notícias: País

Vinte e quatro municípios não têm o plano municipal de combate aos fogos atualizado

Vinte e quatro municípios não têm o plano municipal de combate aos fogos atualizado. Entre eles estão o Porto e S. João da Madeira. O Ministro da Administração Interna admite coimas.

Autarquia de Viseu diz que solução encontrada para os doentes oncológicos não pode ser definitiva

O Centro Hospitalar Tondela-Viseu vai receber um reforço de médicos de Coimbra e Vila Real, para que os doentes oncológicos não sejam deslocados. Uma solução que resolve o problema no imediato mas autarquia e doentes dizem que não pode ser definitiva.

Aeródromo de Viseu vai ter centro de formação Aeronáutico

Depois de assinado um protocolo de colaboração com a autarquia de Viseu, o Instituto de Formação Aeronáutica vai instalar um centro de formação no aeródromo municipal para formar pilotos comerciais e também assistentes de cabine e técnicos de manutenção. A nova escola vem reforçar o investimento que está a ser feito na infraestrutura e apoiar o projeto de crescimento deste aerodromo.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.