Info

Uma família desalojada e nove casas atingidas com queda de grua no Porto

| Norte
Porto Canal com Lusa

A grua que caiu hoje numa rua da cidade do Porto provocou o desalojamento de uma família e danos em nove casas, adiantou à Lusa fonte do Comando Distrital de Operação de Socorros (CDOS) do Porto.

Uma família com três elementos ficou com a casa sem condições de habitabilidade, nove habitações foram afetadas e não houve feridos, disse à agência Lusa fonte do CDOS do Porto, referindo que "três das casas estavam devolutas" e que as restantes seis casas eram habitadas.

O alerta da queda da grua na rua da Corticeira, freguesia da Sé (zona das Fontainhas), foi dado às 13:43, disse fonte dos Bombeiros Sapadores do Porto.

No local estão os Sapadores de Bombeiros do Porto, PSP, INEM e Proteção Civil do Porto e Polícia Municipal.

Fonte da PSP adiantou à Lusa que a grua estava a ser operada junto de "um prédio em reconstrução", mas ainda "não há explicações para o sucedido".

"As autoridades estão a averiguar se as [restantes] habitações têm condições de habitabilidade devido aos danos causados pela grua", disse a mesma fonte.

+ notícias: Norte

Cortes na circulação devido ao Túnel do Bolhão deixa comerciantes preocupados

Arrancaram, esta terça-feira, as obras do novo túnel do Bolhão, no Porto. Durante os próximos cinco meses não vão circular carros nem peões entre a Rua Formosa e a Rua Alexandre Braga e os comerciantes daquela zona estão preocupados com os prejuízos que a construção possa causar.

Dois meses depois, instituição 'Kastelo' continua sem camas novas

O Governo vai abrir mais 449 camas para cuidados continuados até ao final do ano mas não incluem a única associação de cuidados continuados destinados a crianças na Península Ibérica. Há dois meses a Ministra da Saúde comprometeu-se a aumentar a capacidade da instituição 'Kastelo', situada em Matosinhos, mas não há sinais de alargamento apesar da lista de espera e dos quartos vazios.

Norte vai ter mais 151 camas para cuidados continuados até ao fim do ano

O Governo vai reavaliar o modelo e o financiamento da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados. A região do Norte vai ter assim até ao fim do ano mais 151 camas das 446 previstas. 

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

UNITE with Tomorrowland no Porto