Info

Obras de Miró regressam a Portugal até final de Fevereiro e haverá novo leilão - Parvalorem

Obras de Miró regressam a Portugal até final de Fevereiro e haverá novo leilão - Parvalorem
| País
Porto Canal

O presidente do conselho de administração da Parvalorem, Francisco Nogueira Leite, afirmou hoje, no parlamento, que as obras de Miró vão regressar a Portugal até ao final de fevereiro e que será marcado um novo leilão.

O responsável falava perante os deputados da Comissão Parlamentar de Educação, Ciência e Cultura, na sequência de um requerimento do grupo parlamentar do Partido Socialista aprovado por unanimidade.

Na sequência de questões da deputada socialista Inês de Medeiros, que iniciou a ronda de perguntas, Francisco Nogueira Leite disse que "as obras voltarão a Portugal até ao final de fevereiro, sem custos para os contribuintes".

As 85 obras de Joan Miró estavam para ser vendidas a 04 de fevereiro, em Londres, segundo um contrato estabelecido com a leiloeria Christie´s, que acabou por cancelar a venda quando surgiram dúvidas relativamente à legalidade da sua saída de Portugal.

Francisco Nogueira Leite acrescentou ainda que a administração da empresa já combinou com a leiloeira Christie´s que seja realizado novo leilão das obras, "assim que houver condições económicas para o fazer".

A Parvalorem é uma das três empresas criadas pelo Estado para a recuperação de créditos do antigo Banco Português de Negócios (BPN), nacionalizado em 2008.

Esta audição acontece numa altura em que o Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa está a avaliar uma providência cautelar interposta pelo Ministério Público (MP) para suspensão das deliberações e atos referentes à alienação das obras de Miró.

Trata-se da segunda providência cautelar sobre este caso, depois de o MP ter interposto outra providência cautelar, que foi indeferida pelo mesmo tribunal, pedindo a suspensão da venda do acervo de obras que eram do BPN.

+ notícias: País

Crianças são as mais afetadas pela pobreza em Portugal e há cerca de 330 mil em risco

Cerca de 330 mil crianças estão em risco de pobreza em Portugal, sendo que o grupo etário até aos 18 anos é o mais afetado, o que significa que há mais crianças pobres do que adultos ou idosos.

Dezanove pessoas morreram nas praias portuguesas durante a época balnear 2019

Dezanove pessoas morreram nas praias portuguesas durante a época balnear, que terminou na segunda-feira, na qual foram registados 502 salvamentos e 786 ações de primeiros socorros, divulgou hoje a Autoridade Marítima Nacional.

200 enfermeiros vão ter que devolver aumentos salariais

Cerca de 200 enfermeiros estão a ser chamados pelos hospitais para devolver os supostos aumentos salariais resultantes do descongelamento das progressões das carreiras. O sindicato defende que se trata apenas de ajustamentos na tabela e ameaçam levar o caso a tribunal.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

Porto Legends - The Underground...