Info

Grávida em morte cerebral está ligada às máquinas até dar à luz

| Norte
Porto Canal

Uma jovem de 26 anos grávida está em morte cerebral desde dezembro de 2018, no Hospital de São João, no Porto, mas continua ligada às máquinas para que o nascimento do filho aconteça.

Atualizado 26-03-2019 11:02

A jovem faleceu a 26 de dezembro de 2018 depois de sofrer um ataque de asma agudo.

A vontade do pai de Salvador é a razão pelo feto ainda estar a ser seguido 24 horas por uma equipa médica do Hospital de São João, no Porto, apurou o Porto Canal em exclusivo.

Segundo o que o Porto Canal apurou, a avó sempre foi contra a gravidez e só visita a unidade hospitalar uma vez por semana enquanto que o progenitor acompanha presencialmente todos os dias o processo.

+ notícias: Norte

Surto de Covid-19 em lar da Misericórdia de Murça com 58 infetados, incluindo 33 utentes

O lar da Santa Casa da Misericórdia de Murça regista 33 utentes e 25 funcionários infetados com o novo coronavírus, divulgou hoje a instituição, que explicou que "as equipas estão reduzidas e focadas nos cuidados" a prestar aos pacientes.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.