Info

Venezuela: Casa Branca considera que atual dinâmica é favorável a Guaidó

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Washington, 10 mar (lusa) -- O conselheiro para a segurança nacional da Casa Branca, John Bolton, considerou hoje que atual dinâmica na Venezuela permanece favorável ao líder da oposição Juan Guaidó, ao prever novas possíveis adesões de militares.

O Governo de Nicolás Maduro "não procurou deter Guaidó e encerra a Assembleia nacional, da oposição, por uma razão: se Maduro desse essa ordem, não seria cumprida", assegurou Bolton em entrevista à cadeia televisiva ABC News.

"Existem grandes discussões entre os membros da Assembleia Nacional [dirigida por Guaidó] e o exército da Venezuela a propósito do que se poder passar, e como poderão apoiar a oposição", garantiu.

Juan Guaidó regressou na segunda-feira à Venezuela sem ser detido pelas autoridades, e quando Maduro tinha advertido que deveria comparecer perante a justiça por ter desrespeitado a proibição de saída do território.

"Penso que a dinâmica está do lado de Guaidó", acrescentou Bolton.

A Venezuela está fraturada por uma luta pelo poder entre o Presidente bolivariano Nicolás Maduro e o chefe da oposição Juan Guaidó, autoproclamado em janeiro presidente interino e reconhecido por cerca de 50 países, incluindo os Estados Unidos que o apoiam de forma muito consistente.

Os dois rivais reuniram no sábado milhares de apoiantes em Caracas durante manifestações paralelas, e quando o país ainda permanece afetado por uma enorme falha de eletricidade.

"Não desejo nada de mal" a Maduro, declarou ainda John Bolton. "Espero que o seu futuro consista em viver numa praia agradável longe da Venezuela", disse.

PCR // JPS

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Covid-19: China aprova vacina para uso exclusivo dos militares

A China aprovou esta segunda-feira uma vacina contra o novo coronavírus, para uso interno no Exército de Libertação Popular, as forças armadas do país, após resultados positivos nos ensaios clínicos.

Covid-19: Moçambique ultrapassa as mil infeções

Maputo, 06 jul 2020 (Lusa) - Moçambique registou, nas últimas 24 horas, mais 25 casos positivos de covid-19, elevando o total para 1.012 infeções e mantendo-se com oito óbitos, disse hoje a diretora de Saúde Pública, Rosa Marlene.

Direitos humanos: Londres sanciona 49 entidades, incluindo 25 russos e 20 sauditas

Londres, 06 jul 2020 (Lusa) - O Governo britânico anunciou hoje um novo regime de sanções a 49 entidades e indivíduos, incluindo 25 cidadãos russos envolvidos na morte de Sergei Magnitsky e 20 sauditas envolvidos na morte do jornalista Jamal Khashoggi. 

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.