Info

Venezuela: Casa Branca considera que atual dinâmica é favorável a Guaidó

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Washington, 10 mar (lusa) -- O conselheiro para a segurança nacional da Casa Branca, John Bolton, considerou hoje que atual dinâmica na Venezuela permanece favorável ao líder da oposição Juan Guaidó, ao prever novas possíveis adesões de militares.

O Governo de Nicolás Maduro "não procurou deter Guaidó e encerra a Assembleia nacional, da oposição, por uma razão: se Maduro desse essa ordem, não seria cumprida", assegurou Bolton em entrevista à cadeia televisiva ABC News.

"Existem grandes discussões entre os membros da Assembleia Nacional [dirigida por Guaidó] e o exército da Venezuela a propósito do que se poder passar, e como poderão apoiar a oposição", garantiu.

Juan Guaidó regressou na segunda-feira à Venezuela sem ser detido pelas autoridades, e quando Maduro tinha advertido que deveria comparecer perante a justiça por ter desrespeitado a proibição de saída do território.

"Penso que a dinâmica está do lado de Guaidó", acrescentou Bolton.

A Venezuela está fraturada por uma luta pelo poder entre o Presidente bolivariano Nicolás Maduro e o chefe da oposição Juan Guaidó, autoproclamado em janeiro presidente interino e reconhecido por cerca de 50 países, incluindo os Estados Unidos que o apoiam de forma muito consistente.

Os dois rivais reuniram no sábado milhares de apoiantes em Caracas durante manifestações paralelas, e quando o país ainda permanece afetado por uma enorme falha de eletricidade.

"Não desejo nada de mal" a Maduro, declarou ainda John Bolton. "Espero que o seu futuro consista em viver numa praia agradável longe da Venezuela", disse.

PCR // JPS

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Onze manifestantes detidos e 22 agentes feridos durante protesto em Hong Kong

A polícia de Hong Kong informou esta quinta-feira que 11 manifestantes foram detidos e 22 agentes ficaram feridos no protesto contra emendas à proposta de lei que preveem a extradição de suspeitos de crimes para a China.

Dois milhões em protesto em Hong Kong na véspera de greve geral - organização

Hong Kong, China, 16 jun 2019 (Lusa) -- Cerca de dois milhões de pessoas participaram hoje em Hong Kong num protesto contra a lei da extradição, segundo os organizadores, que apelam a uma greve geral na segunda-feira, enquanto a polícia estima a adesão em menos de 400 mil.

Netanyahu inaugura nos Montes Golã colonato batizado em honra de Donald Trump

Jerusalém, 16 jun 2019 (Lusa) -- O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, inaugurou hoje um novo colonato nos Montes Golã, território sírio anexado por Israel em 1981, batizado "Colina Trump" em honra do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.