Info

Portugal vence na Holanda e dá passo importante rumo ao título do 'Trophy'

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Amesterdão, Holanda, 09 mar (Lusa) - A seleção portuguesa deu hoje um importante passo rumo ao título do Rugby Europe Trophy, ao vencer na Holanda por 18-5, em partida da segunda jornada do segundo escalão europeu.

Com dois ensaios, contra apenas um dos holandeses, os 'lobos' igualaram a equipa 'laranja' no comando da competição, com nove pontos, mas têm menos um jogo disputado.

Numa partida marcada pelo forte vento que se fez sentir em Amesterdão, Portugal chegou ao intervalo a vencer por 6-0, graças a duas penalidades de Jorge Abecasis, resultado escasso para o enorme domínio territorial conseguido pela equipa de Martim Aguiar, que apenas no capítulo da formação ordenada revelou algumas dificuldades em comparação com o adversário.

Na segunda parte, e apesar de os holandeses começarem onde nunca haviam estado, nos últimos cinco metros de terreno português, por culpa de um erro defensivo nacional na reposição de bola holandesa, Portugal conseguiu ser mais acutilante e logrou romper por diversas vezes a linha de vantagem 'laranja'.

Foi assim que Rodrigo Marta assinou o primeiro ensaio português (66 minutos), antes de Martim Cardoso fechar as contas nacionais (79), com um ensaio transformado por Jorge Abecasis.

Com o triunfo no 'bolso', Portugal consentiu o ensaio de honra à Holanda (90+4 minutos), insuficiente para qualquer ponto de bónus do rival, já depois de José Rebelo de Andrade e Dirk Danen verem cartão amarelo (80+3) por picardias desnecessárias.

Jogo no National Rugby Centre, em Amesterdão.

Holanda - Portugal, 5-18.

Ao intervalo: 0-6.

Sob arbitragem do belga Maxime Burlet, as equipas alinharam:

- Holanda: Hugo Langelaan, Mark Darlington, Andrew Darlington, Kevin Krieger, Vincent Wright, Dirk Danen, Blake Nightingale, Ben Hamelink, Amir Rademaker, Jasey Vankampen, Sep Visser, Liam McBride, Illie Greeve, Siem Noorman e Joshua Gascoine.

Jogaram ainda Joseph Carden-Collins, Ross Bennie-Coulson, Kieran Hogg, Chesney Crosby, Mark Wokke, Tony Hoogenboom e Quinten Koster.

Selecionador: Gareth GIlbert

Ensaios (1): Kieran Hogg (80+4).

Conversões (0).

Penalidades (0).

- Portugal: João Vasco Côrte-Real, Nuno Mascarenhas, Francisco Bruno, José D'Alte, Jean Sousa, Salvador Vassalo, João Granate, Vasco Baptista, João Belo, Jorge Abecasis, António Cortes Monteiro, Tomás Appleton, Rodrigo Freudenthal, Rodrigo Marta e Manuel Cardoso Pinto.

Jogaram ainda João Moreira, José Rebelo de Andrade, Sebastião Villax, Martim Cardoso, Vasco Ribeiro e José Conde.

Selecionador: Martim Aguiar

Ensaios (2): Rodrigo Marta (66), Martim Cardoso (79).

Conversões (2): Jorge Abecasis (79).

Penalidades (2): Jorge Abecasis (26, 37).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para José Rebelo de Andrade (80+3) e Dirk Danen (80+3).

Assistência: Cerca de 1.000 espetadores.

SYL // PFO

Lusa/Fim

+ notícias: Desporto

Torre de Moncorvo já mexe com a Taça dos campeões Dragon Force

Decorreu este sábado o primeiro dia da Taça dos campeões Dragon Force 2019 em Torre de Moncorvo. O Dragon Force Foz foi o campeão nacional de sub 14 enquanto a escola portista de Braga triunfou no escalão de sub 15, numa jornada animada de futebol no nordeste transmontano.

8ª edição do Dia do Clube debate assuntos do FC Porto no Dragão

Celebrou-se este sábado a 8ª edição do Dia do Clube no Estádio do Dragão. O evento, organizado por sócios e adeptos do azuis e brancos, reuniu caras conhecidas da família portista para debater assuntos do FC Porto.

"Vítor Oliveira é o motor mas o elevador da subida é a estrutura do clube"

A menos de dois meses do início da próxima edição da Liga NOS, Paços de Ferreira está de regresso ao escalão maior do futebol português. Em entrevista exclusiva ao Porto canal, Paulo Meneses, presidente do clube, fala da mistura de sentimentos entre a tristeza da descida em 2017/2018 e a alegria pela subida alcançada na última época. No terceiro mandato como líder da formação pacense, sublinha que o único objetivo para a próxima temporada é a manutenção e garante que abandona o cargo se o Paços se tornar SAD.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.