Info

Trabalhador ferido nas minas de Aljustrel continua em estado grave no hospital de Beja

| País
Porto Canal com Lusa

Aljustrel, Beja, 12 fev (Lusa) - O trabalhador que ficou ferido no acidente nas minas de Aljustrel, na segunda-feira, continuava hoje de manhã internado em estado grave no hospital de Beja, onde foi submetido a uma cirurgia, disse à agência Lusa fonte hospitalar.

A fonte do gabinete de comunicação do hospital alentejano adiantou que o homem, de 25 anos, residente em Ervidel, no concelho de Aljustrel, sofreu um traumatismo torácico grave e foi sujeito, ao final da tarde de segunda-feira, a uma intervenção cirúrgica aos membros inferiores.

O trabalhador, que entrou nas urgências do hospital de Beja às 13:30 de segunda-feira, permanecia na manhã de hoje "em observação" na unidade de cuidados intensivos polivalente, indicou a mesma fonte.

O acidente provocou também a morte de um outro trabalhador, de 46 anos, cujo corpo foi transportado para o serviço de Medicina Legal do hospital de Beja.

As duas vítimas do acidente nas minas de Aljustrel, no distrito de Beja, trabalhavam na manutenção mecânica a cargo de um empreiteiro e seguiam numa carrinha 'pick up', que caiu para um fosso com uma profundidade "entre os 30 e os 40 metros", indicaram à Lusa fontes da GNR e da concessionária do complexo mineiro.

Segundo a Almina - Minas do Alentejo, o acidente ocorreu quando os dois mecânicos da empresa EPDM - Empresa de Perfuração e Desenvolvimento Mineiro circulavam na Mina de Feitais, em Aljustrel.

Em comunicados distintos enviados à Lusa, a Almina e a EPDM - Empresa de Perfuração e Desenvolvimento Mineiro revelaram ter abertos inquéritos de investigação para determinar as causas do acidente.

Também a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) abriu um inquérito para averiguar as circunstâncias em que ocorreu o sinistro, segundo disse à Lusa o diretor da Unidade Local do Litoral e Baixo Alentejo, Carlos Graça.

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) recebeu o alerta às 11:05 e os meios de socorro incluíram um helicóptero, que não chegou a ser utilizado, bombeiros e GNR.

MLM (TCA) // MLS

Lusa/Fim

+ notícias: País

Pescadores dizem-se prejudicados por erro nos cálculos da Segurança Social

A Associação de Apoio aos Profissionais de Pesca diz que os pescadores foram prejudicados no cálculo das reformas da Segurança Social. Em causa está a contagem dos dias de trabalho e a não obtenção das reformas que afeta centenas de trabalhadores.

25 de Abril: As mudanças sociais, políticas e económicas em 45 anos de democracia

Em 2019 a Revolução do 25 de Abril faz 45 anos. Antes da revolução, Portugal era um país pobre, sem liberdade, em guerra e com inúmeros défices nas áreas da educação e saúde. Em paralelo com os dias de hoje o que mudou?

Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Bragança, Porto, Viseu e Guarda sob aviso amarelo devido ao vento e queda de neve

Sete distritos de Portugal continental estão esta quarta-feira sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte e queda de neve, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.