Info

Greve: Intimação contra requisição civil já foi entregue no tribunal

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 11 fev (Lusa) -- O Sindicato Democrático dos Enfermeiros (Sindepor) entregou hoje a intimação para a proteção de direitos, liberdades e garantias da classe, contestando a requisição civil decretada pelo Governo, avançou à Lusa o advogado Garcia Pereira.

Segundo Garcia Pereira, a intimação foi entregue no Supremo Tribunal Administrativo perto das 16:00.

Em declarações à agência Lusa, o advogado mostrou-se preocupado com o facto de se estarem "a forjar fundamentos e protestos para justificar a requisição civil" no âmbito da greve cirúrgica dos enfermeiros, ou até "novas requisições civis".

"Estão a alargar intencionalmente os programas cirúrgicos numa dimensão que em condições normais não podem ser cumpridos. Estão a ligar às pessoas a dizer que tem intervenção marcada quando esta não é possível", acusou.

FC/HN // PMC

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Autarca de freguesia de Ponte de Lima demite-se após arranque de central de betuminoso

O presidente da Junta de Arcozelo, Ponte de Lima, disse esta quarta-feira ter apresentado a demissão na sequência do início de produção de uma central de betuminoso, considerando que irá "transformar a freguesia no caixote do lixo industrial do concelho".

Atualizado 21-08-2019 16:14

Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas diz que Antram não quis evitar possível greve "por 50 euros"

O advogado do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Pardal Henriques, disse hoje à saída de uma reunião com o Governo que a Antram "não quis evitar uma possível greve por 50 euros".

António Costa percorre 700 quilómetros da EN2 para se inspirar para as Eleições Legislativas

O secretário-geral do PS partiu esta terça-feira do quilómetro zero da Estrada Nacional (EN2) para "ganhar inspiração" para a nova etapa que se segue e redescobrir “um tesouro escondido” para lá das áreas de serviço das autoestradas.

Atualizado 21-08-2019 11:26

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.