Info

Ruas da Torrinha e da Boa Hora, no Porto, encerradas para remoção da grua que caiu

Ruas da Torrinha e da Boa Hora, no Porto, encerradas para remoção da grua que caiu
| Norte
Porto Canal com Lusa

As ruas da Torrinha e da Boa Hora, no centro do Porto, estão fechadas ao trânsito devido aos trabalhos de remoção da grua que este domingo de manhã caiu, provocando prejuízos e danos materiais em edifícios.

A grua tombou sobre armazéns devolutos e logradouros, atingindo ainda o telhado de um edifício habitado, mas sem provocar vítimas.

De acordo com informação disponibilizada na página na Internet da Câmara do Porto, as operações de remoção da grua tombada estão em curso e obrigam a manter o corte de trânsito nas duas ruas.

Em declarações aos jornalistas, o comandante do Bombeiros Sapadores do Porto, Carlos Marques, disse que na habitação danificada residiam duas estudantes universitárias, que foram retiradas de casa por precaução.

Segundo o mesmo responsável, há ainda quatro pessoas que foram assistidas no local pelo INEM, mas sem necessidade de serem transportadas ao hospital.

Um dos feridos é um bombeiro que “sofreu um pequeno corte numa mão”, e as outras três pessoas sofreram crises de ansiedade, devido ao “susto” que apanharam.

Segundo Carlos Marques, a infraestrutura caiu sobre uns armazéns desativados, mas “a ponta da lança” da grua atingiu o telhado do prédio de habitação, onde residiam as duas jovens universitárias.

O responsável disse ainda que os trabalhos de remoção deverão prolongar-se por todo o dia.

A grua caiu cerca das 08:30, mas as circunstâncias em que o incidente ocorreu ainda estão a ser apuradas.

+ notícias: Norte

Construção nas Fontainhas do Porto gera onda de contestação entre os moradores

Uma nova construção está a gerar polémica nas Fontainhas, no Porto. Os moradores já pediram embargo da obra que tapa as vistas para o Douro. A Câmara do Porto diz não ver desconformidades no projeto.

Despoluição e requalificação do Rio Tinto finalizada com investimento de 10 milhões de euros

O problema de poluição do Rio Tinto, que existia há várias décadas, está resolvido. Foram investidos perto de 10 milhões de euros para a despoluição e requalificação da área envolvente.

Funcionária da Câmara Municipal de Barcelos denuncia falta de condições de trabalho por laboral ao lado de casa de banho

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga "obrigou" a Câmara de Barcelos a recolocar no seu posto de trabalho original uma funcionária que tinha sido transferida para outro local, sem condições dignas e sem funções atribuídas. A mulher foi posta a trabalhar junto a uma casa de banho masculina.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.