Info

Governo aprova resolução para requisição civil dos enfermeiros

Governo aprova resolução para requisição civil dos enfermeiros
| País
Porto Canal com Lusa

O Conselho de Ministros aprovou hoje uma resolução que reconhece a necessidade de requisição civil dos enfermeiros face à greve em blocos operatórios, anunciou o Governo.

"Tendo-se verificado o incumprimento da obrigação de prestação de serviços mínimos, o Governo decidiu proceder à requisição civil, de forma proporcional e na medida do necessário, de modo a assegurar a satisfação de necessidades sociais impreteríveis no setor da saúde", refere o comunicado da reunião de Conselho de Ministros de hoje.

O anúncio foi também feito em conferência de imprensa pelo secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros em conferência de imprensa, onde se encontra também a ministra da Saúde.

A greve dos enfermeiros em blocos operatórios começou há uma semana e estava previsto prolongar-se até final do mês.

Os enfermeiros tinham já feito uma greve idêntica no final do ano passado, em que não houve qualquer requisição civil.

+ notícias: País

ASAE apreende 7.000 artigos em combate à contrafação no Facebook

A ASAE apreendeu em Castelo de Paiva e Coimbra mais de sete mil artigos desportivos contrafeitos, no valor de 62 mil euros, numa ação contra produtos contrafeitos vendidos através do Facebook e 'websites'.

Greve dos motoristas mantém-se após falhar acordo em reunião de 10 horas

Os motoristas de matérias perigosas cumprem este sábado o sexto dia de uma greve convocada por tempo indeterminado, depois de ter falhado um acordo mediado pelo Governo numa reunião que durou cerca de 10 horas.

Produtores de leite estão preocupados com possível cenário "catastrófico" caso a greve dos motoristas continue

Os produtores de leite temem o pior se a greve dos motoristas de matérias perigosas continuar e dizem mesmo que o cenário pode ser catastrófico.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.