Info

Autarquia de Gaia vai lançar campanha contra violência de adeptos nos escalões de formação

| Norte
Porto Canal com Lusa

A Câmara de Vila Nova de Gaia vai promover uma reunião com clubes, juntas e freguesia, associações de pais e agrupamentos escolares sobre a violência em jogos de formação e lançar uma campanha de sensibilização, foi esta segunda-feira anunciado.

Atualizado 06-02-2019 11:26

"É inacreditável e inaceitável que fim de semana após fim de semana aconteçam distúrbios em jogos de miúdos. Os recintos desportivos públicos não são ringues de boxe. Isto é no futebol, mas também em outras modalidades e generalizado. Não interessa apontar clubes, não os quero estigmatizar. As famílias, porque pagam a formação dos filhos, acham que eles têm de ser imediatamente Cristianos Ronaldos", disse o presidente da Câmara de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues.

O tema foi levantado no período antes da ordem do dia de uma reunião camarária que esta tarde decorreu em Arcozelo, quando o vereador do desporto, José Guilherme Aguiar, avançou que quer promover uma "reunião urgente" com clubes e outros agentes.

O autarca descreveu acontecimentos no último fim de semana, um deles num jogo de sub-13, que obrigou a intervenção policial.

"Isto já tem de ser repudiado nos seniores, quanto mais em escalões de formação. Atribuímos milhares de euros aos clubes e fazemos contratos programa para melhoria de equipamentos. Os clubes têm de saber, ainda que muitas vezes não tenham culpa, que perdem o direito a apoios se estas situações continuarem", disse Guilherme Aguiar.

Os casos apontados pelo vereador referem-se ao Avintes-Grijó (em sub-23) que terminou com a vitória do Grijó por 4-0 e o Vila-Canelas (seniores) que o emblema visitante venceu por 3-0.

Já à margem da reunião, Eduardo Vítor Rodrigues contou aos jornalistas que "tem sido prática comum colocar grades a separar adeptos em jogos de escalões de formação" no Parque da Lavandeira, algo que o "preocupa" pelo "exemplo futuro".

O presidente da Câmara avançou que além da reunião que, disse, "deve decorrer na próxima semana", o Município vai lançar uma campanha de sensibilização que decorrerá "pelo menos" ao longo de três fins de semana em campos de futebol e pavilhões desportivos.

+ notícias: Norte

Falta de funcionários leva alunos de escola de Canelas a fazer limpezas e vigilância

A falta de funcionários na Escola Básica e Secundária de Canelas levou os alunos a ajudar a fazer limpezas e vigilância do espaço. As queixas arrastam-se há várias semanas e são comuns a muitas escolas do país, o que levou o Governo a anunciar um reforço.

Enfermeiro do Hospital de São João faz greve de fome como forma de protesto

Depois do presidente do Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal, há outro enfermeiro que esta sexta-feira vai começar uma greve de fome para exigir uma mudança de atitude do Governo. O enfermeiro do Hospital de São João, no Porto, vai ainda participar no protesto em frente à Assembleia da República, em Lisboa.

Homem agredido e sequestrado durante assalto à sua residência em Famalicão

Um homem de 27 anos foi agredido e sequestrado na última noite durante um assalto à mão armada à casa onde reside em Oliveira S. Mateus, em Famalicão, disse esta quinta-feira fonte da GNR.

Atualizado 22-02-2019 13:51

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.