Info

FC Porto Sofarma venceu o Avanca por 39-18

| FC Porto
Porto Canal com fcporto.pt

O FC Porto Sofarma venceu o Avanca por 39-18, esta quarta-feira, no primeiro jogo realizado em 2019. A equipa de Magnus Andersson regressou ao Dragão Caixa para garantir o 13.º triunfo consecutivo no Andebol 1, em duelo referente à 17.ª jornada da prova.

A formação portista, que não jogava desde 22 de dezembro de 2018, continua na frente do campeonato, agora com seis pontos de vantagem sobre o Sporting, que tem dois jogos a menos.

O Avanca inaugurou a contagem no Dragão Caixa e ofereceu grande resistência dos primeiros treze minutos. O FC Porto Sofarma reagiu ao empate a sete (7-7), consequência de uma entrada pouco inspirada no jogo, e começou a garantir uma vantagem convincente. Ao minuto 25, os Dragões já venciam por 16-8, chegando ao intervalo com 17-10 no marcador.

A equipa visitante, 10.ª classificada antes desta 17.ª jornada, não conseguiu responder na segunda metade. No arranque da etapa complementar, os homens de Magnus Andersson chegaram rapidamente a uma diferença de dez golos (20-10) e não mais perderam o controlo do encontro.

Face às ausências de Thomas Bauer e Hugo Laurentino, Magnus Andersson aproveitou a etapa complementar para dar mais algum tempo de jogo a Francisco Oliveira, jovem guarda-redes de 16 anos. António Areia (6 golos), Victor Iturriza (5) e Djibril Mbengue (5) foram os melhores marcadores da formação portista.

O próximo compromisso oficial do FC Porto Sofarma será a 26 de janeiro, nos Açores, frente ao Sporting da Horta (22h00, hora em Portugal Continental), para a 20.ª jornada do Andebol 1. Pelo meio, entre sexta-feira e domingo, a equipa azul e branca vai disputar um torneio particular em Châtellerault (França), defrontando Dunkerque, Chambery e US Ivry.

FICHA DE JOGO

FC PORTO SOFARMA-AA AVANCA, 39-18
Andebol 1, 1.ª fase, 17.ª jornada
16 de janeiro de 2019
Dragão Caixa

Árbitros: Vânia Sá e Marta Sá

FC PORTO SOFARMA: Alfredo Quintana e Francisco Oliveira (g.r.); Víctor Iturriza (5), Leandro Semedo (4), Yoan Balázquez (3), Miguel Martins (3), Djibril Mbengue (5), Ángel Hernández, Rui Silva (1), Daymaro Salina (1), Alexis Borges (1), Diogo Branquinho (4), António Areia (6), André Gomes, Miguel Alves (4) e Fábio Magalhães (2)
Treinador: Magnus Andersson

AA AVANCA: Emanuel Ribeiro (1) e Luís Silva (g.r.); Rafael Azevedo (2), Nuno Carvalho (4), Francisco Silva, Ciprian Popovici, Diogo Coelho, Maykol Adames, Miguel Neves (1), Francisco Santos (1), Lourenço Santos, Diogo Silva, Jenilson Monteiro (1), Rafael Andrade (2), Rúben Ribeiro (3) e Rui Ferreira (3)
Treinador: Marco Sousa

Ao intervalo: 17-10

+ notícias: FC Porto

Samuel Caldeira foi o melhor portista na terceira etapa da Volta à Turquia

Samuel Caldeira foi o melhor ciclista da W52-FC Porto na 3.ª etapa da Volta à Turquia, realizada esta quinta-feira, entre Çanakkale e Edremit, terminando na 19.ª posição. O algarvio cumpriu os 122,6 quilómetros em 2h50m12s, o mesmo tempo que o vencedor da etapa, Fabio Jakobsen (Deceuninck – Quick-Step), numa chegada ao sprint.

"Vamos entrar com tudo para o resto da segunda fase"

Depois de vencer o Benfica fora de portas (79-84), na 5.ª jornada da 2ª fase da Liga Portuguesa de Basquetebol, o FC Porto enfrenta nova deslocação, desta vez aos Açores, para defrontar o Lusitânia.

Herrera: "Acho que foi um resultado injusto, não merecíamos perder em casa desta maneira"

"Sofremos bastante nas transições, deixamos muitos espaços e fomos mais desorganizados, o que é normal porque estávamos a tentar recuperar de um resultado praticamente impossível e tentar deixar uma boa imagem. A verdade é que a nível pessoal termino tranquilo, estou muito orgulhoso em pertencer a esta equipa e a esta instituição e agora é pensar no campeonato e na final da taça que aí vem. Acho que foi um resultado injusto, não merecíamos perder em casa desta maneira, mas foi assim e agora não há nada a fazer. Fizemos um jogo impressionante, muito agressivo. Penso que se tivéssemos marcado um golo antes deles o jogo tinha tido outro rumo. Se entrarmos assim com esta mentalidade no campeonato estou convencido de que vamos ser felizes no final. Os adeptos têm sido incríveis, o apoio que nos dão em cada jogo é espetacular e nós temos de absorver esta energia positiva que eles nos dão e ser mais fortes".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.