Info

GNR detém dois homens por furto de tabaco em Tondela

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 12 jan (Lusa) -- A GNR deteve na sexta-feira dois homens na localidade de Caparrosa, concelho de Tondela, por furto de tabaco e dinheiro em postos de abastecimento de combustível no valor de mais de 25 mil euros, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a GNR adianta que devido à ocorrência de alguns furtos em postos de abastecimento de combustível, foi realizada uma operação de vigilância na qual os militares apanharam em flagrante delito os suspeitos na posse de cerca de 40 maços de tabaco.

Os dois homens, de 18 e 27 anos, são suspeitos de terem efetuado mais de 30 furtos em lojas de conveniência, de postos de abastecimento de combustível, no distrito de Viseu, entre setembro de 2018 e este mês, tendo como 'modus operandi' atuar encapuzados e arrombar as portas durante a noite, estimando a GNR que tenham conseguido furtar mais de 25 mil euros em tabaco.

Os suspeitos, com antecedentes criminais por furtos e tráfico de droga, encontram-se detidos nas instalações da GNR e serão hoje presentes a tribunal para primeiro interrogatório judicial.

CC // FPA

Lusa/fim

+ notícias: País

Ministro da Agricultura diz que Portugal tem plano de contingência para bactéria 'Xylella fastidiosa'

O ministro da Agricultura, Capoulas Santos, assegurou esta sexta-feira que o Governo tem um plano de contingência para fazer face à bactéria 'Xylella fastidiosa' e que é necessário estar atento aos seus sintomas nas plantas.

Farmacêuticos avisam que está posta em causa segurança dos doentes nos hospitais

A bastonária da Ordem dos Farmacêuticos alerta que a segurança dos doentes está posta em causa nos hospitais públicos por falta de profissionais e diz que só falta aos farmacêuticos "lavar o chão" das farmácias hospitalares.

Enfermeiros suspendem greve nos blocos operatórios até novas negociações a 30 de janeiro

A greve dos enfermeiros em blocos operatórios vai manter-se suspensa até 30 de janeiro, dia em que haverá nova uma reunião negocial entre os sindicatos e o Governo.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.