Info

Morreu idoso que disparou contra si após matar mulher e cunhada em Alandroal

| País
Porto Canal com Lusa

Alandroal, Évora, 11 jan (Lusa) - O idoso que matou hoje a mulher e uma cunhada, com tiros de pistola, e se tentou suicidar, em Alandroal (Évora), acabou por morrer no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, disse à agência Lusa fonte policial.

De acordo com a mesma fonte, o homem, de 83 anos, ainda foi transportado, em estado grave, num helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) para o hospital lisboeta, onde acabou por morrer no bloco operatório.

O idoso matou a mulher, de 83 anos, e uma irmã desta, também na casa dos 80 anos, com tiros de uma pistola, e disparou depois contra si próprio, com a mesma arma de fogo, como forma de cometer suicídio, num monte perto de Terena, no concelho de Alandroal, distrito de Évora, relataram à Lusa fontes policiais.

MLM // ROC

Lusa/Fim

+ notícias: País

Apenas uma das 24 delegações do Instituto de Medicina Legal está a funcionar

Apenas uma das 24 delegações do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses (INMLCF) está esta quarta-feira a funcionar e os médicos das delegações de Lisboa, Porto e Coimbra aderiram todos à greve, segundo fonte sindical.

Ordem dos Médicos diz que situação das maternidades "é muito mais grave" do que tem sido falado

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM) disse hoje que a situação das maternidades é "muito mais grave e complexa" do que tem vindo a ser falado e defendeu uma política de contratação pública para reter os especialistas.

Funcionários judiciais cumprem primeiro de cinco dias alternados de greve nacional

Os funcionários judiciais realizam esta terça-feira o primeiro de cinco dias alternados de greve em protesto pela integração de um suplemento de 10% no ordenado, estando ainda marcada uma concentração destes profissionais em Lisboa.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.