Info

Brasil regista inflação de 3,75% em 2018

| Economia
Porto Canal com Lusa

São Paulo, Brasil, 11 jan (Lusa) - A inflação no Brasil em 2018 foi de 3,75%, resultado dentro da meta estabelecida pelo Governo de 4,5% com margem de 1,5 pontos percentuais para mais ou para menos, divulgou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o órgão de pesquisas brasileiro, a inflação no Brasil em 2018 foi pressionada principalmente pelos preços dos produtos e serviços de habitação, transportes e alimentos. Juntos, estes três grupos foram responsáveis por 66% do índice.

O resultado da taxa de inflação no país veio dentro do esperado pelos agentes do mercado, que previam uma inflação de 3,69%, segundo a última pesquisa do boletim Focus divulgada pelo Banco Central brasileiro.

Em dezembro, a alta de preços no país atingiu a menor taxa desde 1994 ficando em 0,15% face aos 0,44% registados no mesmo mês em 2017.

A inflação neste mês foi impulsionada pelas altas dos produtos ligados aos grupos alimentação e bebidas (0,44%), vestuário (1,14%) e saúde e cuidados pessoais (0,32%), que contribuíram com 0,21 pontos percentuais para o índice.

Por outro lado, os transportes (-0,54%) e habitação (-0,15%) seguraram o índice com contribuição negativa de 0,12 pontos percentuais.

O IBGE informou ainda que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que considera a cesta de produtos das famílias com rendimento de um a cinco salários, também ficou em 0,14% em dezembro e fechou o ano em 3,43%.

CYR // VM

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Greve dos motoristas de transportes de passageiros do Norte com 60% de adesão

A greve dos motoristas do setor privado de transporte de passageiros do Norte, que começou esta segunda-feira, está a registar uma adesão de cerca de 60%, tendo provocado “maiores dificuldades” ao início da manhã no transporte escolar, segundo fonte sindical.

Fisco vai ter um serviço de apoio e defesa do contribuinte

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) vai ter um serviço de apoio e defesa do contribuinte e um subdiretor-geral responsável exclusivamente pela relação com os contribuintes, disse à agência Lusa o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais.

Saldos de contas representaram um terço das penhoras fiscais em 2018

A Autoridade Tributária e Aduaneira concretizou 303.114 penhoras de bens e direitos em 2018 a contribuintes com dívidas fiscais e cerca de um terço incidiu sobre saldos de contas bancárias, revelam os dados do Ministério das Finanças.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.