Info

Conselho disciplinar da Ordem analisa queixa sobre médico afastado do INEM

Conselho disciplinar da Ordem analisa queixa sobre médico afastado do INEM
| País
Porto Canal com Lusa

A Ordem dos Médicos está a analisar uma queixa sobre o clínico António Peças, que foi afastado do INEM por alegadamente se ter recusado a transportar doentes, na sequência de uma denúncia anónima.

A informação foi confirmada à agência Lusa pelo bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, que indicou que o assunto está nas mãos do conselho disciplinar do Sul da Ordem.

Também hoje, a Procuradoria-geral da República confirmou à Lusa a existência de um inquérito no Departamento de Investigação e Ação Penal de Évora, que se encontra em investigação e sem arguidos constituídos.

De acordo com o bastonário dos Médicos, a queixa anónima referente a António Peças chegou à Ordem há "algum tempo", tendo o assunto sido remetido para o conselho disciplinar, órgão que pode decidir abrir um processo disciplinar.

No início da semana, a SIC divulgava uma reportagem que dava conta de que o médico António Peças foi afastado do INEM depois de ter, alegadamente, simulado uma doença para não transportar um doente, enquanto se encontrava numa corrida de touros.

António Peças é médico cirurgião do hospital de Évora e faz também trabalho para o INEM.

Hoje, o jornal Observador divulga outros dois casos que o INEM terá investigado e em que o médico António Peças terá, alegadamente, mostrado resistência em transportar doentes.

+ notícias: País

Dez distritos do continente sob aviso amarelo na quarta-feira devido ao vento

Dez distritos de Portugal continental vão estar na quarta-feira sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte com rajadas até 75 quilómetros por hora, podendo atingir os 90 quilómetros nas terras altas.

Enfermeiros iniciam hoje greve de quatro dias

Os enfermeiros iniciam hoje uma greve de quatro dias convocada pelo Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) para exigir a "correta contagem dos pontos para todos os profissionais" e protestar contra o encerramento do processo negocial sobre a carreira.

Dois em cada dez internamentos de crianças até dois anos devem-se a bronquiolite

A bronquiolite é responsável por dois em cada dez internamentos de crianças com menos de dois anos, revela um estudo, segundo o qual a taxa de internamentos tem vindo a crescer, principalmente nos bebés menores de três meses.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.