Info

Loja CTT do Palácio dos Correios no Porto fecha na segunda-feira

Loja CTT do Palácio dos Correios no Porto fecha na segunda-feira
| Norte
Porto Canal com Lusa

A loja dos CTT instalada no Palácio dos Correios, junto à Câmara do Porto, encerra a partir de segunda-feira devido a obras no edifício, sendo substituída por espaços nas ruas da Firmeza e Gonçalo Cristóvão, anunciou hoje a empresa.

Em comunicado, os CTT informam que se "mantêm todos os serviços" nas duas novas instalações, descrevendo que na rua da Firmeza, 588 (das 09:00 às 18:00), funcionam os correio, expresso, encomendas, produtos financeiros, Banco CTT e multibanco, ao passo que na rua Gonçalo Cristóvão, 136 (das 08:30 às 21:00), está disponível o correio, pagamento de vales, apartados, expresso e encomendas.

Fonte dos CTT esclareceu, em declarações à Lusa, que a perspetiva da empresa é regressar ao espaço arrendado no Palácio dos Correios, na "praça General Humberto Delgado", mas frisou nada estar ainda decidido e desconhecer o prazo para a conclusão da empreitada.

"Estando a começar obras de profunda remodelação, por iniciativa do proprietário, no edifício onde está localizada, em espaço arrendado, a loja CTT Município, a mesma vai ser substituída por duas novas instalações, mantendo todos os serviços", escreve a empresa no comunicado

+ notícias: Norte

Moradores do Lugar de Azevedo em Campanhã vivem sem saneamento básico e sem acessos

A freguesia de Campanhã, no Porto, vai receber um investimento camarário de mais de dois milhões e meio de euros para requalificação das ruas. Atualmente há zonas que ainda não têm saneamento básico e acessos condignos, como é o caso do Lugar de Azevedo.

Autarquia de Penafiel considera "provocação" do Governo incluir IC35 no Plano 2030

O Presidente da Câmara Municipal de Penafiel considera a inclusão do IC35 no Plano Nacional de Investimentos 2030 como uma provocação por parte do Governo. Este é um projeto que se arrasta há vários anos, e que tem sido reclamado por vários municípios.

'Caça à multa' em Valongo gera polémica

A 'caça à multa' para quem não paga parquímetros em Valongo continua. A autarquia diz que os avisos que estão a ser emitidos pela empresa 'Parque Ve' não são válidos, isto porque os fiscais não tem equiparação a agentes de autoridade.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.