Info

Pelo menos um morto em queda de avioneta que saiu de Tires e caiu no País Basco

Pelo menos um morto em queda de avioneta que saiu de Tires e caiu no País Basco
twitter Urola Kostako Hitza ‏
| Mundo
Porto Canal com Lusa

Uma avioneta que descolou esta quarta-feira do aeródromo de Tires, em Cascais, despenhou-se em Errezil, no País Basco, onde as equipas de resgate já recuperaram o corpo de um dos tripulantes, revelaram as autoridades locais.

O avião, um Piper, voava em direção ao aeródromo de Hondarribia, com dois tripulantes a bordo, quando foi perdido o contacto.

Pelas 15h45 (14h45 em Lisboa), as unidades de resgate da polícia e dos bombeiros bascos, localizaram os restos de uma avioneta que tinha partido de Cascais e que se despenhou no monte Ernio, perto de Errezil, provícia de Gipuzkoa, no país Basco, recuperando o corpo de um dos tripulantes (cuja identidade ainda não foi revelada pelas autoridades).

O aeródromo de Errezil tinha sido avisado de uma explosão no monte Ernio, pouco antes das 14h00 (13h00 em Lisboa).

Os trabalhos de busca estão a ser dificultados por uma forte névoa que se verifica no monte.

+ notícias: Mundo

Londres convoca encarregado de negócios iraniano por causa de petroleiro britânico apreendido

Londres, 20 jul 2019 (Lusa) -- A diplomacia britânica convocou hoje o encarregado de negócios iraniano no Reino Unido, na sequência da apreensão pelas autoridades de Teerão de um petroleiro de pavilhão britânico, divulgou fonte governamental.

Socialistas espanhóis otimistas num acordo com Unidas Podemos para governar

Madrid, 20 jul 2019 (Lusa) -- Os socialistas espanhóis manifestaram-se hoje otimistas quanto à perspetiva de alcançar um acordo com a aliança Unidas Podemos (esquerda radical) que assegure a investidura de Pedro Sánchez como presidente do Governo espanhol na próxima semana.

Filipe Nyusi diz que combate à corrupção será prioridade caso seja reeleito

Maputo, 20 jul 2019 (Lusa) - O presidente da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), partido no poder, Filipe Nyusi, afirmou hoje que o combate à corrupção e a promoção da ética governativa serão prioridades, caso seja eleito para um novo mandato.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.