Info

Taxa de desemprego manteve-se em outubro em mínimos de 2002

Taxa de desemprego manteve-se em outubro em mínimos de 2002
| Economia
Porto Canal com Lusa

A taxa de desemprego manteve-se nos 6,6% em outubro, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE), que reviu assim em baixa a estimativa provisória divulgada há um mês.

"Em outubro de 2018, a taxa de desemprego situou-se em 6,6%, o mesmo valor do mês anterior, menos 0,2 pontos percentuais em relação a três meses antes e menos 1,8 pontos percentuais que no mesmo mês de 2017", refere.

A taxa de desemprego apurada para outubro representa uma revisão em baixa, de 0,1 pontos percentuais da estimativa provisória divulgada há um mês, acrescenta o INE, sinalizando que "desde setembro de 2002 que não era observada uma taxa de desemprego tão baixa".

Comparando com o mês precedente, a população desempregada aumentou 0,4% (mais 1,4 mil pessoas) e a população empregada aumentou 0,1% (mais 5,3 mil pessoas).

Para novembro, a estimativa provisória do INE aponta para que a taxa de desemprego volte a ficar nos 6,6%, mantendo-se inalterada em relação ao mês anterior.

De acordo com o INE, a taxa de desemprego dos jovens deverá cair em novembro para os 20,0% (dos 21,8% estimados em outubro).

Em outubro de 2018, a população ativa registou assim um acréscimo mensal de 6,8 mil pessoas, devido ao aumento, tanto da população desempregada (1,4 mil), como da população empregada (5,3 mil).

Já em relação a três meses antes, o acréscimo da população ativa (8,0 mil) resultou do aumento da população empregada (15,9 mil) ter mais do que compensado o decréscimo da população desempregada (8,0 mil), sinaliza.

Em relação a outubro de 2017, o decréscimo da população ativa (1,4 mil) resultou do decréscimo da população desempregada (92,7 mil) ter sido superior ao aumento da população empregada (91,4 mil), acrescenta.

+ notícias: Economia

Greve dos motoristas de transportes de passageiros do Norte com 60% de adesão

A greve dos motoristas do setor privado de transporte de passageiros do Norte, que começou esta segunda-feira, está a registar uma adesão de cerca de 60%, tendo provocado “maiores dificuldades” ao início da manhã no transporte escolar, segundo fonte sindical.

Fisco vai ter um serviço de apoio e defesa do contribuinte

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) vai ter um serviço de apoio e defesa do contribuinte e um subdiretor-geral responsável exclusivamente pela relação com os contribuintes, disse à agência Lusa o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais.

Saldos de contas representaram um terço das penhoras fiscais em 2018

A Autoridade Tributária e Aduaneira concretizou 303.114 penhoras de bens e direitos em 2018 a contribuintes com dívidas fiscais e cerca de um terço incidiu sobre saldos de contas bancárias, revelam os dados do Ministério das Finanças.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.