Info

FC Porto bate Nacional e reforça liderança da I Liga com recorde

| FC Porto
Porto Canal com Lusa

O FC Porto reforçou esta segunda-feira a liderança da I Liga portuguesa de futebol, ao derrotar o Nacional, por 3-1, em jogo da 16.ª jornada, e igualou o recorde de 18 vitórias consecutivas em todas provas numa época.

Atualizado 09-01-2019 11:07

No Estádio do Dragão, no Porto, o campeão nacional venceu com golos de Brahimi (32 e 57 minutos) e Soares (38), enquanto Róchez marcou o tento da equipa madeirense (40), insuficiente para evitar o nono triunfo consecutivo dos 'azuis e brancos' no campeonato.

O FC Porto, que igualou a série de 18 vitórias conseguida pelo Benfica na época 2010/11 nas diversas competições, passou a somar 42 pontos, mais seis do que o Sporting de Braga e mais sete do que o Benfica, enquanto o Sporting, derrotado hoje em Tondela (2-1), caiu para quarto, com 34, antes de receber os 'dragões' no sábado, na próxima jornada.

 

+ notícias: FC Porto

Luis Díaz afirma que o "FC Porto é como uma família"

Luis Díaz foi anunciado como reforço do FC Porto há dez dias e começou de imediato a ambientar-se a uma realidade diferente. O extremo colombiano, ex-Junior Barranquilla, integra o estágio que a equipa está a realizar no Algarve e foi utilizado nos dois encontros particulares disputados até ao momento, frente a Fulham e Bétis de Sevilha. Em declarações ao Porto Canal, o jogador de 22 anos fez um balanço positivo desta nova etapa na carreira.

"Penso que vamos ter um futuro risonho"

Fábio Silva, avançado do FC Porto, acredita que os azuis e brancos vão ter "um futuro risonho", pelo que tem visto nos treinos e nos primeiros jogos de preparação para a próxima época.

FC Porto garante a presença na final da primeira edição da Copa Ibérica ao vencer o Bétis nos penáltis

O FC Porto garantiu nesta sexta-feira a presença na final da primeira edição da Copa Ibérica, à custa do Bétis de Sevilha, esperando pelo vencedor do duelo entre o Portimonense e o Getafe. Juanmi e Zé Luís marcaram os golos de um jogo (1-1) que foi decidido nas grandes penalidades, com cem por cento de eficácia para o lado portista e Diogo Costa a vencer o duelo com Marc Bartra: 5-4 no desempate.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.