Info

Filme "Bohemian Rhapsody" sobre Freddy Mercury é o grande vencedor dos Globos de Ouro

Filme "Bohemian Rhapsody" sobre Freddy Mercury é o grande vencedor dos Globos de Ouro
| Mundo
Porto Canal com Lusa

Em noite de surpresas, "Bohemian Rhapsody", filme biográfico centrado na vida do músico Freddie Mercury, foi o grande vencedor da 76.ª edição dos Globos de Ouro, ao arrecadar dois dos mais importantes prémios, incluindo melhor filme.

Numa cerimónia marcada por poucos comentários políticos, "Roma", o drama semi-autobiográfico de Alfonso Cuarón, foi eleito melhor filme estrangeiro. A obra filmada a preto e branco na cidade do México valeu a Cuarón o prémio de melhor realizador.

Rami Malek, que dá vida à lenda dos "Queen", foi eleito melhor ator, categoria para a qual estava nomeado Bradley Cooper, realizador e protagonista de "Assim Nasce Uma Estrela", um dos filmes derrotados da noite.

"Obrigado a Freddie Mercury por me dar a alegria de uma vida" disse Rami Malek, ao agarrar a estatueta que o distinguiu num filme do produtor e realizador norte-americano Bryan Singer.

Outra das surpresas aconteceu no prémio de melhor atriz: venceu a veterana Glenn Close, em "The Wife", no papel de mulher de um Nobel da Literatura. A também cantora Lady Gaga era apontada como favorita ao galardão, pela sua atuação em "Assim Nasce Uma Estrela".

Regina King venceu o prémio de melhor atriz secundária em "A Favorita" e Mahershala Ali o prémio de melhor ator secundário em "Green Book: Um Guia para a Vida", do realizador Peter Farrelly, filme distinguido nas categorias de melhor comédia ou musical e de melhor argumento.

Um ano depois do discurso de Oprah Winfrey contra "os homens poderosos e brutais", em pleno desenvolvimento do movimento #MeToo, esta edição não ficou marcada por comentários políticos, pelo menos até Christian Bale subir ao palco para receber o prémio de melhor ator em comédia ou musical, pela sua performance em "Vice", de Adam McKay.

"O que acham? Mitch McConnell a seguir?" brincou o ator nascido no País de Gales, referindo-se ao líder da maioria do Senado norte-americano. "Obrigado a Satanás por me dar inspiração para este papel", acrescentou.

Olivia Colman foi distinguida como melhor atriz na mesma categoria.

No campo televisivo, "The Americans", que retrata a vida de dois espiões russos nos EUA dos anos 1980, foi eleita a melhor série dramática, na sexta e última temporada, enquanto a melhor série de comédia foi "O Método Kominsky".

+ notícias: Mundo

Londres convoca encarregado de negócios iraniano por causa de petroleiro britânico apreendido

Londres, 20 jul 2019 (Lusa) -- A diplomacia britânica convocou hoje o encarregado de negócios iraniano no Reino Unido, na sequência da apreensão pelas autoridades de Teerão de um petroleiro de pavilhão britânico, divulgou fonte governamental.

Socialistas espanhóis otimistas num acordo com Unidas Podemos para governar

Madrid, 20 jul 2019 (Lusa) -- Os socialistas espanhóis manifestaram-se hoje otimistas quanto à perspetiva de alcançar um acordo com a aliança Unidas Podemos (esquerda radical) que assegure a investidura de Pedro Sánchez como presidente do Governo espanhol na próxima semana.

Filipe Nyusi diz que combate à corrupção será prioridade caso seja reeleito

Maputo, 20 jul 2019 (Lusa) - O presidente da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), partido no poder, Filipe Nyusi, afirmou hoje que o combate à corrupção e a promoção da ética governativa serão prioridades, caso seja eleito para um novo mandato.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.