Info

Bruxelas premeia dois projectos online portugueses com conteúdos para crianças

| Mundo
Fonte: Agência Lusa

Bruxelas, 11 fev (Lusa) -- A Comissão Europeia vai premiar dois projetos portugueses, entre outros, com conteúdos online especialmente destinado para crianças e jovens, no âmbito do Dia da Internet Mais Segura, que hoje se assinala.

Em Bruxelas, a comissária europeia para a Agenda Digital, Neelie Kroes, vai premiar os vencedores do concurso de melhores conteúdos online para crianças, incluindo os projeto portugueses "Escola de magia" (http://pt.schoolofmagic.net/), um site destinado a utilizadores entre os sete e os 12 anos, "Learn English" (http://learnenglishkid.blogspot.pt/) para um público dos seis aos oito anos.

"Há crianças e jovens que fazem coisas impressionantes com as ferramentas digitais. Temos que os encoraja, ajudá-los a estar em segurança e dar-lhes meios para criarem eles mesmos uma melhor internet", disse Nellie Kroes.

O Dia da Internet Mais Segura tem como objetivo encorajar pessoas de todas as idades a criarem conteúdos online para os mais jovens e assinala-se hoje em mais de 100 países, incluindo - pela primeira vez - nos Estados Unidos, com milhares de ações de sensibilização previstas nomeadamente para crianças e jovens.

IG // SO

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Polícia de Hong Kong usa balas de borracha contra manifestantes antigovernamentais

Hong Kong, China, 21 jul 2019 (Lusa) -- A polícia de Hong Kong usou hoje balas de borracha contra os manifestantes antigovernamentais que ainda permaneciam nas ruas daquele território, depois de um novo grande protesto, segundo a agência noticiosa France Presse (AFP).

Polícia de Hong Kong recorre a gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes antigovernamentais

Hong Kong, China, 21 jul 2019 (Lusa) -- A polícia de Hong Kong recorreu hoje a gás lacrimogéneo para dispersar vários grupos de manifestantes que ainda permaneciam nas ruas daquele território, após um novo grande protesto antigovernamental.

Quase meio milhão de pessoas em protesto nas ruas de Hong Kong

Hong Kong, China, 21 jul 2019 (Lusa) - Quase meio milhão de pessoas desfilou hoje nas ruas de Hong Kong contra as emendas na lei da extradição e a exigir um inquérito independente sobre a atuação da polícia, indicou hoje o movimento que organizou o protesto.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.