Info

Lei do Clima, solo e floresta são desafios ambientais para 2019

| País
Porto Canal com Lusa

A adoção de uma Lei do Clima, alterações na política de resíduos e medidas que salvaguardem o solo e a floresta são desafios de Portugal para 2019, segundo um documento divulgado esta sexta-feira pela associação ambientalista Zero.

Atualizado 29-12-2018 11:42

Num balanço do que correu bem e do que correu mal em 2018, a organização traça também os desafios para o próximo ano, desde logo a adoção por parte do parlamento de uma Lei do Clima que permita inscrever os principais objetivos do Roteiro para a Neutralidade Carbónica 2050.

A Zero recorda como um dos acontecimentos a celebrar a apresentação, em 04 de dezembro, do Roteiro para a Neutralidade Carbónica 2050, que visa nomeadamente chegar a meio do século com 100% de eletricidade de fontes renováveis e a descarbonização dos transportes (energia limpas).

Desafio também para 2019 é a alteração na política de resíduos, incentivando uma “verdadeira economia circular”, alinhando as metas nacionais com as europeias, reduzindo o envio de resíduos para aterro e incineração, e aumentando a reciclagem e a compostagem, diz a Zero em comunicado.

A adoção do Plano de Gestão Integrada de Fogos Rurais, já aprovado pelo Governo, e o envolvimento da população de forma a aplicar eficazmente o Plano para o Uso Eficiente da Água, utilizando-se de forma segura as águas residuais tratadas e fazendo-se o aproveitamento das águas cinzentas (de lavar a loiça, por exemplo) e pluviais (da chuva) estão também entre os objetivos apontados.

A Zero lembra ainda que está em consulta pública o Plano de Situação do Ordenamento do Espaço Marítimo para dizer que em 2019 é importante “uma atenção especial ao Mar”, garantindo que a exploração dos muitos e variados recursos marinhos não coloca em causa a viabilidade futura.

No ano que agora termina a Zero refere como principais acontecimentos negativos a poluição do Tejo, logo em janeiro, o esgotamento dos recursos naturais disponíveis (o chamado “overshoot day”, em junho), o incêndio de Monchique, a onda de calor em agosto e as grandes concentrações de ozono no mesmo mês.

Como acontecimentos negativos ainda a derrocada de uma estrada em Borba, um alerta para o “enorme descontrolo no que respeita ao cumprimento da legislação” sobre pedreiras. E o reconhecimento de que Portugal não irá cumprir as metas europeias relativas a resíduos urbanos até 2020.

Como bons momentos a associação lembra o mês de março, quando os portugueses consumiram eletricidade exclusivamente produzida através de fontes renováveis, a desistência do projeto de prospeção de petróleo em Aljezur, ou a aprovação pelo Parlamento de uma proposta de um sistema de depósito de embalagens, a chamada tara renovável.

+ notícias: País

Ana Gomes diz que a Justiça portuguesa não valoriza os denunciantes nem sequer os protege como testemunhas válidas

A ex-eurodeputada Ana Gomes voltou a destacar no Dia Internacional Contra a Corrupção que a Justiça portuguesa não valoriza os denunciantes nem sequer os protege como testemunhas válidas. Ana Gomes realça mais uma vez o caso Rui Pinto. O Governo está a preparar alterações no combate à corrupção e o próprio Presidente da República salienta a importância do combate a este tipo de crime.

Despiste de carrinha de equipa de futebol na Guarda provoca um ferido grave

O despiste em Alvendre, concelho da Guarda, de uma carrinha que transportava parte da equipa de futebol sénior de Aguiar da Beira provocou oito feridos, um dos quais grave, afirmou fonte do Comando Territorial da GNR.

Ministro da Educação considera que as Pousadas de Juventude têm sido resposta à falta de residências de estudantes

O ministro da Educação considera que as Pousadas de Juventude têm sido uma resposta constante à falta de residências estudantis em algumas zonas do país e que são um "instrumento de política pública determinante" para a mobilidade juvenil.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

D'Mais

Atitudo - Artes Marciais &...

Nota Alta

"A cidade do Porto está com um...