Info

Estrada que ruiu sujeita a avaliação para ser decidido o seu futuro - autarca

| País
Porto Canal com Lusa

Borba, Évora, 07 dez (Lusa) - A estrada municipal em Borba, que colapsou em novembro, provocando cinco mortos, vai ser sujeita a uma avaliação para ser decidido o seu futuro, revelou hoje à agência Lusa o presidente do município, António Anselmo.

De acordo com o autarca, a estrada municipal 255, que liga Borba a Vila Viçosa, no distrito de Évora, vai continuar "cortada e sinalizada" até ser tomada uma decisão.

No local onde se registou o deslizamento de terras e o colapso de um troço de cerca de 100 metros da estrada, no dia 19 de novembro, "não está a decorrer qualquer intervenção, por enquanto", nem na via rodoviária, nem nas duas pedreiras de mármore atingidas.

"Está tudo parado", adiantou o autarca à Lusa, remetendo para as próximas semanas possíveis desenvolvimentos da situação.

António Anselmo, eleito por um movimento independente, aproveitou para alertar os possíveis curiosos para que "evitem andar" na estrada que ruiu, visto que "é extremamente perigoso" caminhar no local.

A alternativa à estrada cortada, na zona dos mármores, é a variante entre Borba e Vila Viçosa, que está aberta ao trânsito há 15 anos.

A variante liga a Autoestrada 6 (A6) em Borba a Vila Viçosa.

O deslizamento de um grande volume de rochas, blocos de mármore e terra e o colapso de um troço da estrada municipal 255 para o interior de duas pedreiras contíguas em Borba ocorreram na tarde de 19 de novembro.

Dois operários de uma empresa de extração de mármore, que trabalhavam na pedreira ativa, morreram, assim como três outros homens, ocupantes de duas viaturas automóveis, que, na altura do acidente, seguiam no troço da estrada alvo da derrocada e que caíram no plano de água da outra pedreira, sem atividade.

TCA (RRL) // MLM

Lusa/Fim

+ notícias: País

Hells Angels: Dois arguidos que se entregaram saem em liberdade com várias proibições

Os dois arguidos que se encontravam no estrangeiro e que se entregaram na quarta-feira às autoridades, no âmbito do processo dos Hells Angels, saíram hoje em liberdade, após primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa.

Fim de semana de Taça e Eleições vai ser de sol e aumento de temperaturas

O dia das eleições europeias vai ser marcado por céu pouco nublado ou limpo e temperaturas que vão oscilar entre os 26 e os 30 graus Celsius, disse à Lusa a meteorologista Madalena Rodrigues.

Profissionais de saúde dizem que os maus hábitos alimentares em Portugal ainda são uma realidade

Nutricionistas, profissionais de saúde e estudantes estão a debater o valor da nutrição. Os esforços para a promoção de uma alimentação saudável têm sido muitos, no entanto os maus hábitos alimentares ainda são uma realidade em Portugal.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.