Info

Seleção de novo diretor artístico para Museu de Serralves em curso

| Norte
Porto Canal com Lusa

Porto, 05 dez (Lusa) -- O processo de seleção de um novo diretor artístico para o Museu de Arte Contemporânea de Serralves, no Porto, com um "currículo internacional reconhecido, está em curso", avançou hoje o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira.

"O processo de seleção de um diretor artístico com um currículo internacional reconhecido já estará em curso neste momento", declarou Rui Moreira, que esteve a representar a Câmara Municipal do Porto na reunião anual do Conselho de Fundadores de Serralves, que decorreu esta noite no Porto, onde foi eleito Emílio Rui Avelar para novo presidente do Conselho de Fundadores de Serralves.

O anterior diretor artístico do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, João Ribas, demitiu-se em setembro da função que exercia, alegando "violação continuada" da sua "autonomia técnica e artística", e porque "nenhuma direção artística deve ser alvo de sistemáticas ingerências".

"Pelo que percebi, não haverá concurso, porque, para acelerar, presumo que seja uma dessas empresas de 'headhunters' [recrutadores] internacionais, especializada nesta matéria, o que não é anormal noutros museus. Não tem de ser um concurso tradicional", declarou Rui Moreira, acrescentando que depreendeu da reunião desta noite, com os fundadores de Serralves e com o Conselho de Administração, que a instituição "já está a trabalhar" para arranjar um novo diretor artístico.

O presidente do Conselho de Fundadores cessante, Luís Braga da Cruz, referiu que teria falado com alguns fundadores que tinham achado que não era urgente ter reunido, acrescentou Rui Moreira, que na altura da demissão de João Ribas pediu uma reunião urgente daquele órgão.

"O que tinha para dizer disse na altura e voltei a repetir hoje. Entendo que muito do ruído de fundo que sucedeu podia ter sido obviado se os fundadores cá tivessem vindo então dizer aquilo que disseram hoje (...), onde manifestavam uma preocupação que eu tinha tido em setembro. Se nós o tivéssemos feito, não só isso teria dado respaldo ao Conselho de Administração, como teria, acima de tudo, evitado um conjunto de rumores e dúvidas que até hoje se levantavam".

CCM // MAG

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

INEM confirma quatro vítimas mortais em queda de helicóptero, causas desconhecidas

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) confirmou este domingo a ocorrência de quatro vítimas mortais na sequência da queda do helicóptero de emergência médica, em Valongo, sem adiantar causas do acidente.

Presidente da República passa Natal junto de crianças com cancro do hospital do Porto

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou hoje que vai passar o dia de Natal junto das crianças com cancro internadas no Hospital de São João, no Porto.

Falta de médicos força hospital S. Sebastião a encaminhar doentes para outros hospitais

Em Santa Maria da Feira faltam médicos no serviço de cardiologia na urgência do hospital S. Sebastião. Os doentes têm sido transferidos para o Centro Hospitalar Gaia/Espinho.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.