Info

Banco Alimentar contra a Fome recolhe 2.146 toneladas de alimentos no fim de semana

Banco Alimentar contra a Fome recolhe 2.146 toneladas de alimentos no fim de semana
| Economia
Porto Canal com Lusa

O Banco Alimentar contra a Fome recolheu 2.146 toneladas de alimentos durante o fim de semana da campanha nacional que decorreu em mais de duas mil superfícies comerciais.

Em declarações à Lusa, a presidente do Banco Alimentar contra a Fome, Isabel Jonet, afirmou que a campanha "foi fantástica", e acrescentou que só em Lisboa foram recolhidas 557 toneladas, "mais 30 toneladas por dia que no ano anterior".

No sábado, primeiro dia da campanha, a responsável indicou que tinham sido recolhidas 1.059 toneladas de alimentos.

As 2.146 toneladas serão entregues, na próxima semana, a 2.600 instituições de solidariedade social, que os entregam a cerca de 400 mil pessoas com carências alimentares comprovadas, indicou o Banco Alimentar contra a Fome, em comunicado.

"Agradecemos aos muitos milhares de doadores de alimentos, a todos os voluntários e às inúmeras empresas e entidades que tornaram possível esta campanha, dando assim uma vez mais um contributo inestimável que permite aos Bancos Alimentares continuarem a acudir a muitos dos nossos concidadãos mais necessitados. Tudo somado, embora não possamos ainda fazer um balanço final, pois a campanha decorre online até 09 de Dezembro, os resultados são muito positivos", referiu Isabel Jonet, na mesma nota.

O Banco Alimentar contra a Fome agradeceu ainda visita, no sábado, do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, às instalações do Banco Alimentar, em Lisboa, na companhia do homólogo de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca.

Rodeados de dezenas de voluntários, os dois chefes de Estado ajudaram, já de madrugada, a desensacar alimentos.

"É uma obra nacional, que está acima de tudo, governos, oposições, partidos, sensibilidades, setores sociais, mobiliza 40 mil voluntários, na maioria esmagadora jovens", afirmou Rebelo de Sousa.

A campanha do Banco Alimentar contra a Fome contou com o apoio de mais de 40 mil voluntários.

Até 09 de dezembro, é possível contribuir através do site www.alimentestaideia.pt, ou em vales ("Ajuda Vale") disponíveis nos estabelecimentos comerciais.

+ notícias: Economia

Alentejo deverá ter quebra na produção de azeite na campanha de 2018/2019

O Alentejo, a região portuguesa que mais azeite produz, deverá ter uma quebra na produção da campanha olivícola de 2018/2019 em relação à anterior, devido aos rendimentos mais baixos da azeitona, segundo associações do setor.

Laboratórios colaborativos querem criar dezenas de empregos qualificados

21 laboratórios colaborativos prometem criar 750 novos postos de trabalho pelo país. O presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia afirma que o objetivo é dar empregos qualificados.

Pão pode aumentar em 2019 em função de subida do salário mínimo e da matéria-prima

O preço do pão poderá subir em 2019, acompanhando o aumento do salário mínimo e do valor da matéria-prima, disse à Lusa o presidente da Associação dos Industriais da Panificação, Pastelaria e Similares do Norte.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.