Info

Bombeiros e GNR procuram homem desaparecido em Vila Nova de Foz Côa

Bombeiros e GNR procuram homem desaparecido em Vila Nova de Foz Côa
| Norte
Porto Canal com Lusa

Os bombeiros e a GNR estão hoje a realizar buscas para localizar o corpo de um homem que alegadamente terá sido visto a boiar no rio Côa, nas proximidades de Vila Nova de Foz Côa.

Segundo fontes da proteção civil, o alerta foi dado pelas 16:13 de domingo e as buscas, que foram suspensas pelas 20:00, foram retomadas hoje às 08:00.

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Foz Côa, Rafael Almeida, disse à agência Lusa que "o alerta foi dado via 112 e que o contactante informou que, alegadamente, estaria um corpo a boiar no rio Côa", junto da ponte que faz a ligação entres os concelhos de Vila Nova de Foz Côa e Figueira de Castelo Rodrigo, no distrito da Guarda.

Os bombeiros deslocaram-se ao local e a situação relatada não foi verificada, mas constataram que "havia um veículo abandonado em cima da ponte".

Contactos posteriores apuraram que o carro pertence a um homem com 52 anos, residente em Vila Nova de Foz Côa, que "foi dado como desaparecido pela família", disse Rafael Almeida.

As buscas estão a ser realizadas por 42 elementos, entre GNR, bombeiros de Foz Côa e mergulhadores, segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda.

A Autoridade da Proteção Civil diz que estão igualmente 12 viaturas de apoio no local.

+ notícias: Norte

Incêndio destrói armazém de lenha em Santa Maria da Feira

Um incêndio destruiu este domingo ao início da tarde um armazém de lenha em Santa Maria da Feira sem causar feridos mas obrigou à retirada de um idosa acamada que estava numa casa junto ao armazém, apurou o Porto Canal no local.

Metro do Porto vai retirar bancos para aumentar capacidade das carruagens

A Metro do Porto vai voltar a retirar alguns bancos para aumentar a capacidade dos veículos. Face à afluência do número de passageiros, será reduzido o número de lugares sentados em mais de 20 composições.

Atropelamento na EN13 faz uma vítima mortal em Chafé, Viana do Castelo

Uma mulher de 59 anos morreu na noite de sábado, pelas 21:15 horas, vítima de atropelamento na Estrada Nacional (EN) 13 em Chafé, Viana do Castelo, segundo fonte da GNR local.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.