Info

Associação Pais Prematuros denuncia fecho de camas na neonatologia do hospital de Gaia

| Norte
Porto Canal com Lusa

Vila Nova de Gaia, Porto, 30 nov (Lusa) -- A Associação Pais Prematuros (APP) denunciou hoje o encerramento de duas camas na Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNGE), situação que a unidade de saúde diz ser "provisória".

Em declarações à agência Lusa, Ilídia Silva, membro da associação, explicou que o hospital vai fechar duas camas na unidade de neonatologia, passando de seis para quatro, devido à transferência de enfermeiros deste serviço para a pediatria.

"Vão transferir enfermeiros de uma unidade para a outra porque o hospital precisa de enfermeiros e, neste momento, não pode contratar, aguarda ordens do Governo para o fazer, portanto, enquanto esta ordem não vem fecham estas duas camas na neonatologia", revelou.

Contactado pela Lusa, o Centro Hospitalar confirma o encerramento, a partir sábado, destas duas camas na Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais devido a uma diminuição no número de enfermeiros.

A medida tem por objetivo "garantir a qualidade e segurança de profissionais e utentes", ressalvou.

"Esta situação é provisória e aguarda a autorização da tutela para contratação, por substituição, de enfermeiros, prevendo-se a sua resolução no final da próxima semana", adiantou.

Ilídia Silva explicou que esta situação "vai pôr em risco" mães e bebés, revelando que atualmente estão no hospital cinco mulheres com gravidez de risco.

Além disso, acrescentou, o material vai ficar obsoleto por não ser utilizado.

Para "travar" este encerramento, a Associação Pais Prematuros vai reunir esta noite, pelas 21:00, com pais, médicos, enfermeiros e auxiliares.

SYF // JAP

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Uma dezena de camiões danificados em incêndio na Trofa

Cerca de uma dezena de camiões ficaram danificados devido a um incêndio que ocorreu esta noite no parque de estacionamento de uma empresa na Trofa, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto.

Supremo mantém penas máximas para cinco arguidos do processo 'Máfia de Braga'

O Supremo Tribunal de Justiça manteve esta quarta-feira as penas de 25 anos de prisão a cinco dos arguidos do processo 'Máfia de Braga' e reduziu de 23 para 19 anos de cadeia a pena de um sexto arguido.

Carro colhido por comboio em Barcelos causa três vítimas mortais

Um carro foi colhido por um comboio na passagem de nível de Carapeços, em Barcelos, causando três vítimas mortais, uma delas uma criança, apurou o Porto Canal com fonte dos Bombeiros Voluntários de Barcelinhos.

Atualizado 19-06-2019 13:05

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

1ª Bienal de Fotografia do Porto:...