Info

Presidente da República faz apelo cívico e pede aposta na prevenção da sinistralidade rodoviária

Presidente da República faz apelo cívico e pede aposta na prevenção da sinistralidade rodoviária
| Política
Porto Canal com Lusa

O Presidente da República fez este domingo um apelo cívico aos portugueses para se combater a sinistralidade rodoviária no país e pediu uma aposta das autoridades “na prevenção, na educação e na sinalização”.

Marcelo Rebelo de Sousa assinalou hoje o dia mundial em memória das vítimas da estrada com uma mensagem no ‘site’ da Presidência da República, recordando que os “dados mais recentes revelaram a lamentável inversão da tendência de decréscimo, desde 2010, dos acidentes rodoviários e vítimas mortais”

Trata-se de “uma preocupação nacional”, que “deverá refletir uma aposta na prevenção, na educação e na sinalização”, pediu.

O Presidente agradece “a todos os que, diariamente, lidam de forma empenhada com as consequências traumáticas dos acidentes rodoviários” e faz um pedido aos cidadãos, “apelando a todos os portugueses, para que, em respeito das regras e com consciência cívica, contribuam para um ambiente rodoviário mais responsável e mais seguro”.

Antes, Rebelo de Sousa lembrou que o dia mundial em memória das vítimas da estrada é assinalado, desde 2004, pela Liga de Associações “Estrada Viva”, associando-se à “homenagem pública a todos os que, tragicamente, perderam a vida nas estradas” e recordando “todos aqueles” que “perderam a sua saúde, um familiar, um amigo”.

“A sinistralidade rodoviária tem uma trágica e imensa dimensão para todos os que, diretamente, vivem com as memórias dolorosas, na maior parte das vezes permanentes, causadas pela privação traumática de alguém próximo. É um problema grave à escala mundial, mas também à escala nacional”, escreveu na nota colocada no ‘site’ da Presidência da República.

+ notícias: Política

Moção do CDS-PP 'chumbada' pelas bancadas do PS, BE, PCP, Verdes e PAN

A moção de censura do CDS-PP ao Governo foi hoje 'chumbada' pelas bancadas do PS, BE, PCP, Verdes e PAN, contando com votos favoráveis dos democratas-cristãos e do PSD.

Câmara do Porto acusa Pizarro (PS) de "determinar" há três anos despejo de reclusa

A Câmara do Porto liderada pelo independente Rui Moreira acusou esta quarta-feira o ex-vereador da Habitação Manuel Pizarro, do PS, de “determinar” em 2016 o despejo concretizado “em janeiro de 2019” a uma inquilina condenada a pena de prisão.

CDS apresenta moção de censura contra Governo com chumbo garantido da esquerda

O parlamento debate esta quarta-feira uma moção de censura do CDS-PP ao Governo, a segunda dos centristas em pouco mais de um ano e meio, centrada no "esgotamento" do executivo do PS, e que tem "chumbo" garantido.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.