Info

SATA/Privatização: Concurso anulado após divulgação de documentos que causaram "sério dano"

| Economia
Porto Canal com Lusa

Ponta Delgada, Açores, 09 nov (Lusa) - O concurso para a privatização de 49% da Azores Airlines foi anulado após a divulgação de documentos que causaram um "sério dano ao grupo SATA e aos Açores", anunciou hoje o Governo dos Açores.

Em nota de imprensa, o Governo dos Açores diz que "decidiu dar orientações ao conselho de administração do grupo SATA para anular o presente concurso público de privatização de 49% do capital social da Azores Airlines e preparar o lançamento de um novo concurso com o mesmo objetivo".

Em causa estão notícias da RTP/Açores, citando documentos privados da comissão de inquérito do parlamento açoriano ao setor empresarial público, indicando que não havia uma proposta formal apresentada pelos islandeses da Icelandic, única entidade qualificada para a segunda fase da alienação, antes o intuito de abrir um período de negociações com a SATA.

Esta manhã, a secretária regional com a tutela dos Transportes, Ana Cunha, disse aos jornalistas que havia uma proposta formal da Icelandic para a compra de 49% da Azores Airlines e não apenas uma carta pedindo o abrir de negociações.

PPF // MCL

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Professores com horários incompletos contestam "anarquia" nos descontos para a Segurança Social

Dezena e meia de professores contratados com horários incompletos manifestaram-se este sábado no Porto, afirmando-se “lesados” nos descontos para a Segurança Social e acusando o Governo de “ignorar a arbitrariedade e anarquia total” da sua situação contributiva.

BE quer transportes públicos gratuitos para crianças até aos 12 anos

O Bloco de Esquerda quer que todas as crianças até aos 12 anos tenham acesso gratuito aos transportes públicos e que sejam alocadas verbas do Imposto Sobre Produtos Petrolíferos para o Programa de Apoio à Redução Tarifária (PART).

Quem arrendar quartos de habitação própria vai perder desconto IMT

Quem comprou casa há menos de seis anos e decidiu arrendar a casa na totalidade ou apenas um quarto vai ter que devolver ao Fisco o benefício que recebeu na hora de pagar o Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis. Os montantes variam conforme o valor do imóvel e tipo de arrendamento.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.