Info

Livro de Agualusa premiado internacionalmente reeditado pela Quetzal

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 08 nov (Lusa) - A editora Quetzal vai reeditar o romance "Teoria Geral do Esquecimento", do escritor angolano José Eduardo Agualusa, distinguido com o Prémio Literário Internacional de Dublin em 2017, e finalista no Prémio Man Booker Internacional no ano anterior.

Com chegada prevista às livrarias no dia 09 de novembro, este romance sobre o medo do outro, o absurdo do racismo e da xenofobia, sobre amor e redenção foi originalmente publicado em 2012, pela D. Quixote.

A primeira distinção chegaria logo no ano seguinte, com a atribuição do Prémio Literário Fernando Namora, a que se seguiria o reconhecimento internacional com a nomeação em 2016 para finalista do Prémio Man Booker Internacional, e com a atribuição, em 2017, do Prémio Literário Internacional de Dublin.

Aquele que é um dos mais aclamados romances do autor angolano, é agora reeditado pela Quetzal, chancela do grupo editorial Bertrand, numa edição de capa verde, com o desenho de uma casa sobre uma árvore despida.

Trata-se de um "complexo e poético romance" que relata, na personagem de Ludovica Fernandes Mano -- conhecida por Ludo -, a história esquecida de uma Angola sem rumo, descreve a editora.

Ludo, aterrorizada com os tumultos da véspera da independência de Angola, decide proteger-se e isolar-se no seu apartamento, em Luanda, erguendo uma parede que separa o seu apartamento do restante edifício e do resto do mundo.

Durante quase trinta anos sobrevive a custo, isolada como numa ilha deserta, e vendo a cidade em redor a crescer, a exultar e a sofrer.

"Teoria Geral do Esquecimento" é o livro que nasce dos registos, poemas e reflexões desse período deixados por Ludo, depois da sua morte, na Clínica Sagrada Esperança, já com 85 anos.

José Eduardo Agualusa nasceu na cidade do Huambo, em Angola, a 13 de dezembro de 1960, e viveu em Lisboa, Luanda e Rio de Janeiro e Berlim.

Estudou agronomia e silvicultura, mas foi como romancista, contista, cronista e autor de literatura infantil que se afirmou, tendo os seus romances e livros infantis sido distinguidos com vários prémios nacionais e estrangeiros.

AL // MAG

Lusa/Fim

+ notícias: País

Borba: Pelo menos dois mortos confirmados

O deslizamento de terras para uma pedreira, ocorrido hoje à tarde na zona de Borba, provocou, pelo menos, dois mortos, divulgou o Comandante Distrital de Operações de Socorro (CODIS) de Évora, José Ribeiro.

Ordem dos Médicos desafia ministra da Saúde a fazer turnos com médicos internos

A Ordem dos Médicos desafia a ministra da Saúde a ir para o terreno fazer turnos com os médicos internos. O desafio foi lançado numa carta aberta, depois de ninguém do ministério da saúde ter estado presente na cerimónia do juramento de Hipócrates no Porto.

Aluimento de terras em Borba arrasta retroescavadora e dois automóveis

Uma retroescavadora e dois automóveis foram hoje arrastados para o interior de uma pedreira, na zona de Borba, no distrito de Évora, devido a um aluimento de terras, desconhecendo-se o número de vítimas, indicou fonte do INEM.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.