Info

Mais de 500 toneladas de medicamentos apreendidas em megaoperação em 116 países

Mais de 500 toneladas de medicamentos apreendidas em megaoperação em 116 países
| País
Porto Canal com Lusa

Mais de 500 toneladas de medicamentos foram apreendidas numa megaoperação envolvendo autoridades policiais, alfandegárias e de saúde de 116 países, incluindo Portugal, e que resultaram em 859 detenções, revelou esta terça-feira a Interpol.

Em comunicado, a Interpol, refere que, entre os fármacos apreendidos, estão falsos medicamentos contra o cancro, analgésicos contrafeitos, bem como seringas sem qualidade.

No âmbito da Operação Pangea XI, o material apreendido está avaliado em 14 milhões de dólares (12,1 milhões de euros).

A investigação, prossegue o comunicado, focou-se em serviços de entrega que eram usados por redes criminosas organizadas, que por sua vez operavam através da Internet, em redes sociais e 'sites' de compras 'online'.

Quase um milhão de embalagens foram inspecionadas na semana da operação (entre 9 e 16 de outubro), de uma vasta gama de fármacos: anti-inflamatórios, analgésicos, hipnóticos e sedativos, comprimidos para a disfunção erétil, esteroides anabolizantes, comprimidos para emagrecimento, Parkinson e diabetes, e até para o tratamento de VIH/Sida.

Foram ainda verificados mais de 110 mil dispositivos médicos, como seringas, lentes de contacto, aparelhos auditivos e instrumentos cirúrgicos.

As autoridades portuguesas envolvidas na operação da Interpol remeteram esclarecimentos para um comunicado a divulgar hoje à tarde.

+ notícias: País

Operação Páscoa 2019 da GNR regista 438 acidentes nos dois primeiros dias

A Operação Páscoa 2019 da GNR registou nos dois primeiros dias um total de 438 acidentes, dos quais resultaram 10 feridos graves, segundo dados hoje divulgados pela força de segurança.

Morreram 129 pessoas em 2019 nas estradas, autoridades responsabilizam uso de telemóvel

A Secretaria de Estado da Proteção Civil informou hoje que morreram 129 pessoas nas estradas portuguesas, menos uma morte do que em período homólogo de 2018 e o telemóvel ao volante tem contribuído para aumento de vítimas.

Atualizado 20-04-2019 12:00

Caos nos postos de abastecimento de combustível acabou mas GLP continua em falta

Acabou o caos nos postos de abastecimento de combustível. Depois da greve de três dias dos motoristas de matérias perigosas, está tudo a voltar à normalidade com a gasolina e o gasóleo já garantidos na maior parte das bombas. Em falta está ainda o GPL.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.