Info

Donald Trump volta a defender separação de famílias na fronteira com o México

Donald Trump volta a defender separação de famílias na fronteira com o México
| Mundo
Porto Canal com Lusa

O Presidente norte-americano, Donald Trump, voltou a defender este sábado a separação de famílias de imigrantes na fronteira com o México, encorajando todos os que "sentem" que vão ser separados a não entrarem no território.

"Se sentirem que haverá uma separação, então não venham", disse Trump em declarações à imprensa.

O Presidente voltou a defender duras políticas migratórias e não negou as informações avançadas pelo The Washington Post, que afirmou que o executivo está a preparar novas medidas que implicam, de novo, a separação de famílias na fronteira.

"Estamos a analisar tudo o que é possível no que diz respeito à imigração ilegal", acrescentou Trump, sem dar mais detalhes.

De acordo com o The Washington Post, que cita fontes da Casa Branca, uma das opções do Governo é manter juntas as famílias sob custódia durante os primeiros 20 dias de detenção, o tempo máximo permitido para reter um menor.

Depois desse período, os adultos terão de escolher entre duas opções: libertar as crianças, separando-se delas, ou mantê-las 'presas' consigo.

+ notícias: Mundo

Novo balanço aponta para pelo menos 76 mortos em incêndio na Califórnia

As autoridades norte-americanas elevaram no sábado para 76 o número de mortos devido a um incêndio no norte do estado da Califórnia que devastou a vila de Paradise, onde arderam cerca de dez mil habitações.

Três mortos e três feridos graves após disparos de polícia em festa em Díli

Três jovens morreram e três estão em estado grave no hospital nacional Guido Valadares, em Díli, alvejados por um polícia fora de serviço durante uma discussão numa festa em Díli, disse fonte hospitalar.

Novo balanço eleva para 48 o número de mortos em incêndio em Paradise, Califórnia

As autoridades norte-americanas elevaram de 42 para 48 o número de mortos devido ao incêndio em Paradise, na Califórnia, que está a ser combatido por mais de cinco mil bombeiros e que já consumiu 505 quilómetros quadrados.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.