Info

Rui Patrício dispensado da seleção portuguesa para o particular com a Escócia

Rui Patrício dispensado da seleção portuguesa para o particular com a Escócia
facebook
| Desporto
Porto Canal com Lusa

O guarda-redes Rui Patrício foi este sábado dispensado da seleção portuguesa de futebol, que joga domingo um particular na Escócia, disse à agência Lusa fonte oficial da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

O dono da baliza da seleção 'AA' e do Wolverhampton apresentou "queixas físicas" e, segundo a mesma fonte, foi excluído da convocatória "por precaução".

Rui Patrício junta-se a Pepe e Bernardo Silva, que tinham sido dispensados após o triunfo de quinta-feira na Polónia, por 3-2, para a Liga A da Liga das Nações, ficando em 22 o número de jogadores às ordens do selecionador Fernando Santos.

Para a baliza, o técnico luso poderá optar entre Beto e Cláudio Ramos, jogador do Tondela, que se pode estrear na seleção 'AA'.

O encontro particular entre as seleções principais da Escócia e de Portugal realiza-se no domingo, pelas 17:00, no Hampden Park, em Glasgow.

Lista dos 22 convocados:

- Guarda-redes: Beto (Goztepe, Tur) e Cláudio Ramos (Tondela).

- Defesas: Cédric Soares (Southampton, Ing), João Cancelo (Juventus, Ita), Kevin Rodrigues (Real Sociedad, Esp), Luís Neto (Zenit, Rus), Mário Rui (Nápoles, Ita), Pedro Mendes (Montpellier, Fra) e Rúben Dias (Benfica).

- Médios: Bruno Fernandes (Sporting), Danilo Pereira (FC Porto), Gedson Fernandes (Benfica), Pizzi (Benfica), Renato Sanches (Bayern, Ale), Rúben Neves (Wolverhampton, Ing), Sérgio Oliveira (FC Porto) e William Carvalho (Bétis, Esp).

- Avançados: André Silva (Sevilha, Esp), Bruma (RB Leipzig, Ale), Éder (Lokomotiv Moscovo, Rus), Rafa (Benfica) e Hélder Costa (Wolverhampton, Ing).

+ notícias: Desporto

Bruno de Carvalho acusado de terrorismo e mais 98 crimes

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho foi acusado pelo Ministério Público de ser autor moral de crimes classificados como terrorismo e outros 98 ilícitos criminais, no âmbito da investigação sobre o ataque à Academia de Alcochete.

Bruno de Carvalho e Mustafá saem em liberdade do Tribunal do Barreiro

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho e Mustafá saíram hoje em liberdade, sujeitos a apresentações diárias às autoridades, no âmbito da investigação ao ataque à academia de Alcochete, anunciou hoje Tribunal do Barreiro.

Leitura das medidas de coação a Bruno de Carvalho e Mustafá adiada para as 11:00

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho e o líder da claque Juventude Leonina, conhecido por Mustafá, só conhecerão hoje as medidas de coação no âmbito da investigação à invasão à academia de Alcochete a partir das 11:00.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.