Info

"Munda Lusófono" será montra para a literatura de língua portuguesa em Montemor-o-Velho

| País
Porto Canal com Lusa

Montemor-o-Velho, Coimbra, 12 out (Lusa) - Montemor-o-Velho acolhe no dia 27 o "Munda Lusófono", encontro literário que reúne escritores, ilustradores, artistas plásticos, contadores de histórias e músicos de várias nacionalidades que têm como traço de união a língua portuguesa.

"Partindo do Mondego, ou Munda, como lhe chamavam os viajantes e historiadores na época dos romanos, Montemor-o-Velho volta a seguir numa viagem pela Literatura de língua portuguesa espalhada pelos vários continentes", referem os organizadores em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

Organizado pelo município de Montemor-o-Velho, este encontro de caráter multidisciplinar pretende "promover e divulgar a língua portuguesa, fortalecer os laços institucionais, sociais e culturais entre os autores oriundos dos vários países de língua oficial portuguesa, num diálogo cada vez mais interlusófono".

Os destaques da edição deste ano são a escritora de São Tomé e Príncipe Olinda Beja e o músico Filipe Santos, seu conterrâneo, que participam na tertúlia de abertura (15:30) com a escritora portuguesa Isabel Machado, moderada por Olga Cavaleiro, presidente da Federação das Confrarias Gastronómicas.

Para as 17:00 está marcada a "performance" "Palavras da Terra de Longe - Sons de São Tomé e Príncipe", com voz de Olinda Beja e música de Filipe Santos.

O programa inclui ainda uma visita noturna ao castelo de Montemor-o-Velho, onde será apresentado o espetáculo "Trovas Lusófonas", com encenação do Grupo de Teatro da Casa do Povo de Abrunheira.

"A pretexto da Literatura, e ao longo da tarde de dia 27 de outubro, pretende-se igualmente dar a conhecer o património histórico, arquitetónico, paisagístico e gastronómico do concelho de Montemor-o-Velho através de um programa diversificado", garantem os organizadores.

RBF // SSS

Lusa/Fim

+ notícias: País

Costa portuguesa sob aviso laranja devido à agitação marítima

Toda a costa de Portugal continental está hoje sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Legião da Boa Vontade entrega 800 cabazes de natal em todo o país

A Legião da Boa Vontade vai entregar em todo o país 800 cabazes de natal. Hoje cem famílias carenciadas de braga receberem alimentos e brinquedos.

Em 2018 morreram 37 trabalhadores no sector da construção civil

Este ano morreram 37 trabalhadores no sector da construção civil. As contas são do Sindicato da Construção de Portugal, que admite que em 2019 possam vir a morrer mais trabalhadores, devido ao aumento do trabalho clandestino.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.