Info

António Guterres visita zona mais afetada por sismo e tsunami na Indonésia

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Jacarta, 12 out (Lusa) -- O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, visita hoje a zona mais afetada pelo sismo seguido de tsunami que atingiu a ilha indonésia de Celebes no final de setembro, deixando mais de 2.000 mortos.

Acompanhado pelo vice-Presidente indonésio, Jusuf Kalla, o secretário-geral da ONU vai examinar os estragos causados pelas catástrofes na cidade de Palu, onde terminam hoje as operações de resgate dos desaparecidos.

Na quinta-feira, as autoridades indonésias prolongaram por 24 horas as operações de resgate dos desaparecidos na sequência de "pedidos dos moradores".

Oficialmente o número de desaparecidos ascende a 680, mas responsáveis admitem que possam ser vários milhares dado que centenas de casas foram engolidas pela terra.

A organização Save the Children na Indonésia disse que podem estar desaparecidas até 1.500 crianças.

A presidente da organização, Selina Sumbung, referiu que o fim da missão de busca é aceite de "coração pesado".

Nugroho disse que a avaliação do custo da reconstrução ainda está a ser feita, adiantando que o "período de reconstrução deverá ser de 2019 a 2021".

Um sismo de magnitude 7,5 atingiu as Celebes no passado dia 28, tendo sido seguido de um tsunami.

De acordo com a ONU, cerca de 200 mil pessoas precisam de assistência humanitária urgente.

O país situa-se no chamado Anel de Fogo do Pacífico, zona de forte atividade sísmica, situada na convergência de três placas tectónicas (indo-pacífica, australiana e eurasiática).

A ilha turística no sul da Indonésia foi atingida por dois fortes terramotos, em 29 de julho e em 05 de agosto, seguidos por réplicas, e de um novo sismo de magnitude 6,9, em 19 de agosto.

FST (PAL)// FST

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Donald Trump volta a defender separação de famílias na fronteira com o México

O Presidente norte-americano, Donald Trump, voltou a defender este sábado a separação de famílias de imigrantes na fronteira com o México, encorajando todos os que "sentem" que vão ser separados a não entrarem no território.

Acidente de viação na Grécia faz 11 mortos, possivelmente migrantes

A polícia grega disse ter recuperado os corpos de 11 pessoas que acredita serem migrantes recentemente chegados da Turquia, depois de o carro em que seguiam ter tido um acidente no norte da Grécia, adiantou a AP.

Detido na Alemanha suspeito de matar e violar jornalista búlgara

As autoridades búlgaras anunciaram esta quarta-feira a detenção na Alemanha de um homem suspeito de ter matado e violado a jornalista búlgara Viktoria Marinova em Ruse, no norte da Bulgária.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.