Info

EUA advertem perante FMI que vão lutar contra as restrições ao comércio

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Nusa Dua, Indonésia, 12 out (Lusa) - O secretário do Tesouro norte-americano, Steven Mnuchin, garantiu hoje, na assembleia anual do Fundo Monetário Internacional (FMI), que o país vai lutar contra as restrições ao comércio.

"Os Estados Unidos estão a fazer esforços para enfrentar as restrições ao comércio que impedem um crescimento mais forte e equilibrado no país e em todo o mundo", disse Mnuchin, à margem da assembleia anual do FMI e do Banco Mundial, que decorre até domingo, em Bali, na Indonésia.

Steven Mnuchin dirigia-se a Pequim, numa altura em que os dois países protagonizam um conflito comercial.

"Encorajamos outros países a examinar as suas políticas e a tomar medidas para ajudar a reequilibrar as relações comerciais globais", acrescentou o secretário.

Mais uma vez, Mnuchin insistiu que o objetivo de Washington "é conseguir um comércio mais livre, mais justo e recíproco e garantir um campo mais equilibrado para as empresas dos EUA", com "todos os parceiros, incluindo a China".

Na terça-feira, o FMI publicou as novas projeções macroeconómicas, que apontam para uma redução na expansão da economia global (3,7% em 2018 e 2019), como consequência das dúvidas provocadas pelas tensões económicas entre Washington e Pequim.

FST // EJ

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Português encontrado morto em casa com sinais de violência em Moçambique

MUm português de 40 anos foi encontrado morto na casa onde residia, em Maputo, com sinais de violência, disse este sábado à Lusa o cônsul-geral de Portugal na capital moçambicana.

Encontrada cocaína em livros importados de Portugal para Sidney

Mais de 600.000 dólares em cocaína foram encontrados escondidos dentro de livros infantis importados de Portugal para Sydney, na Austrália, revela esta terça-feira a Australian Associated Press.

Oboísta português Samuel Castro morre na Suíça

Lisboa, 18 mai 2019 (Lusa) -- O oboísta português Samuel Castro Bastos, de 32 anos, morreu no sábado em Zurique, na Suíça, não sendo conhecidas as causas da sua morte, afirmou hoje à Lusa fonte do Gabinete de Comunicação da Câmara Municipal de Barcelos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.