Info

Tribunal da Madeira condenou homem que matou ex-companheira a 23 anos de prisão

| País
Porto Canal com Lusa

Funchal, Madeira, 11 out (Lusa) -- O homem que esfaqueou até à morte a ex-companheira, em abril de 2017, no Funchal, foi hoje condenado a 23 anos de prisão pelo Tribunal da Comarca da Madeira.

O arguido, preparador físico, com 44 anos, foi acusado dos crimes de homicídio qualificado, de violência doméstica da ex-companheira, que foi subdiretora da Loja do Cidadão no Funchal, e de resistência e coação sob funcionário [PSP].

O julgamento começou na Instância Central do Tribunal da Comarca da Madeira, a 24 de maio, tendo o coletivo presidido pela juíza Carla Meneses considerado que o arguido "agiu com o propósito de tirar a vida" da vítima.

AMB // MLS

Lusa/Fim

+ notícias: País

Circulação ferroviária suspensa em duas ligações à Figueira da Foz devido ao mau tempo

A circulação ferroviária entre o Ramal de Alfarelos e a Figueira da Foz e o troço Louriçal - Figueira da Foz, na linha do Oeste, está suspensa devido a falha no fornecimento de energia, segundo a Infraestruturas de Portugal.

Onze distritos sob aviso amarelo devido à chuva, vento e agitação marítima

Onze distritos de Portugal continental estão esta segunda-feira sob aviso amarelo devido à previsão de chuva, vento e agitação marítima forte por causa da passagem de um sistema frontal, segundo a meteorologista Joana Sanches.

Vacina da gripe está disponível a partir desta segunda-feira e SNS tem 1,4 milhões de doses

A vacina da gripe começa a estar disponível esta segunda-feira, sendo gratuita e sem necessidade de receita médica no Serviço Nacional de Saúde para pessoas a partir dos 65 anos, residente em lares e para alguns doentes crónicos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.