Info

Estrada Nacional 18 perto de Évora reabre ao trânsito após acidente mortal

Estrada Nacional 18 perto de Évora reabre ao trânsito após acidente mortal
| País
Porto Canal com Lusa

A Estrada Nacional (EN) 18, em Évora, reabriu ao trânsito, às 09:30 de hoje, ainda de forma condicionada, depois de quatro horas e meia cortada devido a uma colisão entre um camião e um automóvel, com dois mortos.

Fonte da GNR indicou à agência Lusa que a circulação na zona do acidente passou a fazer-se de forma alternada, por volta das 09:30, adiantando que estão ainda a decorrer as operações de limpeza da via.

O acidente, cujo alerta foi dado às 04:53, resultou da colisão entre um camião e um automóvel, perto da cidade de Évora, provocando a morte dos condutores e únicos ocupantes dos dois veículos, segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS).

A fonte da guarda precisou que o acidente ocorreu na EN 18 e não no Itinerário Principal (IP) 2, como inicialmente tinha sido indicado à Lusa pelas autoridades.

As vítimas mortais que resultaram do acidente são dois homens de 34 e 45 anos, adiantou a mesma fonte, referindo que se tratou de uma colisão frontal entre um automóvel e um camião de uma empresa de transporte de produtos alimentares.

As operações de socorro chegaram a mobilizar cerca de 30 operacionais, entre bombeiros, PSP, GNR, Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e da Infraestruturas de Portugal, apoiados por 11 veículos.

+ notícias: País

Taxa de abandono escolar recua em 2017 mas ainda longe da meta de 2020

Portugal continua a apresentar uma taxa elevada de abandono escolar precoce (12,6%), a sexta mais alta da União Europeia (UE) e longe da meta de 10% para 2020, segundo um relatório hoje divulgado pela Comissão Europeia.

Sete barras do continente fechadas devido à agitação marítima

Sete barras marítimas de Portugal continental estão esta terça-feira fechadas à navegação e outras três estão condicionadas devido à agitação marítima forte, segundo a Autoridade Marítima Nacional (AMN).

Greve dos enfermeiros com adesão de 63,6% nos hospitais do SNS

A greve dos enfermeiros regista hoje níveis de adesão nos hospitais do Serviço Nacional de Saúde de 63,6%, segundo o presidente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.