Info

Estrada Nacional 18 perto de Évora reabre ao trânsito após acidente mortal

Estrada Nacional 18 perto de Évora reabre ao trânsito após acidente mortal
| País
Porto Canal com Lusa

A Estrada Nacional (EN) 18, em Évora, reabriu ao trânsito, às 09:30 de hoje, ainda de forma condicionada, depois de quatro horas e meia cortada devido a uma colisão entre um camião e um automóvel, com dois mortos.

Fonte da GNR indicou à agência Lusa que a circulação na zona do acidente passou a fazer-se de forma alternada, por volta das 09:30, adiantando que estão ainda a decorrer as operações de limpeza da via.

O acidente, cujo alerta foi dado às 04:53, resultou da colisão entre um camião e um automóvel, perto da cidade de Évora, provocando a morte dos condutores e únicos ocupantes dos dois veículos, segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS).

A fonte da guarda precisou que o acidente ocorreu na EN 18 e não no Itinerário Principal (IP) 2, como inicialmente tinha sido indicado à Lusa pelas autoridades.

As vítimas mortais que resultaram do acidente são dois homens de 34 e 45 anos, adiantou a mesma fonte, referindo que se tratou de uma colisão frontal entre um automóvel e um camião de uma empresa de transporte de produtos alimentares.

As operações de socorro chegaram a mobilizar cerca de 30 operacionais, entre bombeiros, PSP, GNR, Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e da Infraestruturas de Portugal, apoiados por 11 veículos.

+ notícias: País

Toda a costa portuguesa sob aviso laranja devido à agitação marítima

Toda a costa de Portugal continental está hoje e na sexta-feira sob aviso laranja devido à previsão de agitação marítima forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em 2018 morreram 37 trabalhadores no sector da construção civil

Este ano morreram 37 trabalhadores no sector da construção civil. As contas são do Sindicato da Construção de Portugal, que admite que em 2019 possam vir a morrer mais trabalhadores, devido ao aumento do trabalho clandestino.

Portugueses gastam cada vez menos no natal

Os portugueses gastam cada vez menos no natal. Um estudo da 'Deloitte' refere que os portugueses planeiam gastar uma média de 314 euros este ano mas ainda há quem considere este valor baixo para a época festiva.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.