Info

Municípios do Douro avançam com providência cautelar contra os CTT

Municípios do Douro avançam com providência cautelar contra os CTT
| Norte
Porto Canal com Lusa

A Comunidade Intermunicipal do Douro (CIM Douro) apresentou no Tribunal Administrativo de Mirandela uma providência cautelar de intimação aos CTT para que não feche estações institucionais, reduza horários de funcionamento ou contratualize serviços com terceiros.

A CIM Douro, que agrega 19 municípios, informou hoje, em comunicado, que a providência cautelar foi apresentada na quarta-feira e surge da "ausência de resposta" dos CTT ao pedido de reunião urgente e à "continuada intenção de proceder à extinção de estações de correio, transformando-as em meros postos com serviços contratualizados.

De acordo com a comunidade intermunicipal, a administração dos CTT tem manifestado vontade de encerrar os balcões institucionais em algumas sedes destes concelhos durienses.

É o caso de, por exemplo, Mesão Frio, Murça ou Tabuaço.

Com esta providência cautelar de intimação, a CIM pretende que a administração dos CTT "se abstenha de adotar qualquer conduta, ativa ou omissiva, que tenha por efeito prático a redução do horário de funcionamento, a extinção de estações ou a transformação ou substituição das estações por postos de Correio".

Quer ainda que se "abstenha de conduzir qualquer reorganização dos serviços que presta à comunidade sem que a CIM Douro seja previamente consultada".

Os municípios durienses consideram que o fecho dos balcões institucionais se traduz na "redução de serviços prestados à população, impossibilitando-a de usufruir de um serviço postal de qualidade, constituindo uma violação clara e manifesta da lei, das bases da concessão do contrato de concessão e das deliberações do regulador".

+ notícias: Norte

Incêndio provoca uma vítima mortal num prédio no Porto

Uma pessoa morreu na sequência de um incêndio no segundo andar de um prédio na rua Costa Cabral, no Porto, apurou o Porto Canal junto do CDOS do Porto.

Diretora do Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira demite-se

A diretora do Estabelecimento Prisional (EP) de Paços de Ferreira, Maria Fernanda Barbosa, pediu hoje a sua demissão ao diretor-geral de Reinserção e Serviços Prisionais, que já foi aceite, informou hoje o Ministério da Justiça.

Mais de 6 mil pessoas sofrem todos os anos um enfarte do miocárdio

Mais de 6 mil pessoas sofrem todos os anos um enfarte do miocárdio e por dia há em média 12 mortes devido à doença. Detetar rapidamente os sintomas de um enfarte é por isso essencial...e esse é o mote da campanha que hoje arranca, intitulada "cada segundo conta".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.