Info

Bolsa de Xangai encerra com baixa de 5,22%

| Economia
Porto Canal com Lusa

Pequim, 11 set (Lusa) - A bolsa de Xangai, principal praça financeira da China, fechou hoje a cair 5,22%, para 2.583,46 pontos, o nível mais baixo desde novembro de 2014.

Shenzhen, a segunda praça financeira do país, recuou 6,07%, para 7.524,09 pontos.

A queda nas praças financeiras chinesas surge após um recuo na bolsa de Wall Street, face à possibilidade da Reserva Federal norte-americana continuar a subir as taxas de juro este ano, o que aumentaria os custos de financiamento das empresas e pode abrandar o crescimento económico global.

A Reserva Federal deverá voltar a subir as taxas de juro antes do fim do ano.

O nervosismo nos mercados deve-se também às crescentes disputas comerciais entre Estados Unidos e China, em torno das ambições chinesas para o setor tecnológico.

JPI // SB

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Trabalhadores dos impostos em greve no dia 27 pela negociação das carreiras

Os trabalhadores dos impostos cumprem no dia 27 uma nova greve em protesto pela revisão das carreiras, desta vez convocada pela Associação Sindical dos Profissionais da Inspeção Tributária e Aduaneira (APIT) e cujo pré-aviso foi divulgado este sábado.

Isenção automática de IMI chegou este ano a 1,17 milhões de pessoas

A isenção de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) que é atribuída a pessoas com rendimentos e património imobiliário de baixo valor chegou este ano a 1,17 milhões de contribuintes.

Secretária de Estado da Habitação diz que "todos temos que lutar contra" crime no mercado imobiliário

Os preços das casas estão a estabilizar, mas continuam muito altos para a maioria dos portugueses. Em entrevista exclusiva ao Porto Canal, a secretária de Estado da Habitação, Ana Pinho, assume que a classe média está em dificuldade e mostra-se preocupada com as suspeitas de crime, associadas à especulação imobiliária no Porto.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.