Info

Advogado reafirma que Cristiano Ronaldo "nega veementemente" acusação de violação

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Redação, 10 out (Lusa) - O advogado de Cristiano Ronaldo manifestou hoje, em comunicado, que o futebolista português "nega veementemente" a acusação de violar uma mulher norte-americana e que documentos com eventuais declarações reproduzidas na comunicação social são "puras invenções".

"Para que não subsistam dúvidas: Cristiano Ronaldo nega veementemente todas as acusações constantes da referida ação cível, em coerência com o que tem feito nos últimos nove anos", refere Peter S. Christiansen, advogado de Cristiano Ronaldo, referindo-se a uma recente ação cível intentada por Kathryn Mayorga, "baseada em eventos supostamente ocorridos em 2009".

O advogado do futebolista internacional português refere ainda que "os documentos que supostamente contêm declarações do Sr. Ronaldo, e foram reproduzidos nos 'media', são puras invenções".

VR // RPC

Lusa/fim

+ notícias: Desporto

Rui Patrício dispensado da seleção portuguesa para o particular com a Escócia

O guarda-redes Rui Patrício foi este sábado dispensado da seleção portuguesa de futebol, que joga domingo um particular na Escócia, disse à agência Lusa fonte oficial da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Jogador do Canelas confessa agressão a árbitro, mas nada diz sobre ameaças posteriores

Um ex-futebolista do Canelas 2010 confessou esta sexta-feira ao tribunal de Gondomar ter agredido um árbitro em 2017 e disse-se "arrependido", mas nada esclareceu sobre alegadas ameaças à vítima e família, em momento posterior, no acesso aos balneários.

Atualizado 13-10-2018 12:57

Liga das Nações: Portugal vence na Polónia e fica a um 'passo' das meias-finais

A seleção portuguesa de futebol deu hoje um passo de gigante rumo às meias-finais da Liga das Nações, ao vencer por 3-2 a Polónia, em Chorzow, no terceiro encontro do Grupo 3 da Liga A.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.